Nutrientes que devem marcar presença no prato da gestante

Confira onze sugestões essenciais para a saúde da mãe e do bebê

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 04/07/2011

Durante a gravidez, a mulher deve adotar e mudar uma série de hábitos, principalmente alimentares. Afinal, o crescimento e o desenvolvimento do feto dependem exclusivamente da nutrição materna. Um estudo feito nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha verificou que mais da metade das gestantes analisadas, tanto adolescentes quanto adultas, não consomem as quantidades adequadas de nutrientes necessários para a plena formação do feto.

Segundo a nutricionista Amanda Epifânio, do Citen, há uma necessidade ainda maior de consumir diversas vitaminas e minerais durante a gestação, e as deficiências nutricionais podem provocar desde um peso abaixo do ideal no recém-nascido até uma má formação fetal. "Algumas grávidas, inclusive, requerem atenção especial e suplementação extra alimentar", conta. Confira abaixo o cardápio que não pode faltar na dieta da gestante e por que esses nutrientes são tão importantes:

Vitamina C

A gestante deve consumir cerca de 85mg por dia desse nutriente, pois, segundo a nutricionista Simone Freire, ele participa da formação do colágeno e auxilia na formação dos ossos, juntamente com outros minerais e vitaminas. "Essa recomendação é fácil de ser atingida, visto que os alimentos ricos em vitamina C são facilmente encontrados no Brasil", diz. A gestante deve ingerir frutas como acerola, goiaba, laranja, abacaxi, kiwi e caju.