Dieta Ravenna promete eliminar até 10% do peso no primeiro mês

Método corta carboidrato refinado do cardápio e tem acompanhamento psicológico

POR REDAÇÃO - ATUALIZADO EM 29/05/2015

Desenvolvida pelo psicanalista argentino Máximo Ravenna, a Dieta Ravenna é baseada em três pilares essenciais- corte, medida e distância. O método conta não só com acompanhamento nutricional, como também de psicólogos e educadores físicos, todos trabalhando em conjunto no espaço chamado de centro terapêutico. O primeiro pilar se refere ao corte do excesso alimentar, da compulsão e do número de refeições por dia. A medida é um conceito relacionado tanto à quantidade da porção ingerida quanto a redução de medidas corporais. Já a distância prima por afastar o indivíduo da comida enquanto uma forma de compensação, eliminando a compulsão alimentar. Quer entender melhor como essa dieta funciona? Esclareça suas dúvidas com os especialistas:

A Dieta Ravenna faz restrição de algum grupo alimentar?

A dieta Ravenna inclui todos os grupos alimentares - carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e sais minerais - porém exclui os alimentos feitos com farinha e açúcares refinados, também conhecidos como carboidratos simples (pães, massas, bolos). De acordo com a nutricionista Camila Avileis, do Centro Terapêutico Máximo Ravenna, em São Paulo, durante o período de emagrecimento, não é permitido o consumo desses alimentos por conta de seu alto índice glicêmico. "Os carboidratos simples são convertidos em energia rapidamente em nosso sangue, levando a produção exagerada de insulina, podendo nos deixar com fome mais cedo do que o normal", diz.

A nutricionista Fernanda Amorim, do Centro Universitário Celso Lisboa, no Rio de Janeiro, completa afirmando que os carboidratos simples não agregam tantos nutrientes à dieta, podendo ser excluídos sem prejuízos. "No lugar desses serão ingeridos os carboidratos complexos, ricos em fibras, que melhoram o funcionamento do intestino e dão saciedade", diz. Exemplo de carboidratos complexos são os grãos integrais, cereais, frutas e verduras.