Vitamina E ajuda no tratamento de gordura no fígado, diz estudo

45% dos pacientes que consumiram o nutriente apresentaram melhoras significativas

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 23/04/2015

A vitamina E mostrou-se efetiva no tratamento da esteatose hepática não alcoólica, o acúmulo de gordura no fígado. O estudo foi realizado pela Associação Europeia de Estudos do Fígado e divulgado no dia 23 de abril no Congresso Internacional do Fígado.

A pesquisa foi realizada com 347 pacientes, dos quais 155 foram tratados com a vitamina E e 192 sem este nutriente. Entre os pacientes que consumiram a vitamina E, 45% apresentaram melhoras significativas. Já no grupo que não recebeu o nutriente, esses benefícios só foram observados em 22% deles.

O tratamento com a vitamina E não causou alterações cardíacas nos pacientes e também não levou a mudanças nos perfis lipídicos.

A seguir, confira os alimentos que são aliados do fígado:

Própolis

O extrato de própolis, obtido das abelhas é facilmente encontrado em farmácias, contém substâncias chamadas bioflavonoides que estão ligadas a uma melhora da função do fígado. Dessa forma, ajudam a acelerar a desintoxicação do organismo.

"Há também alguns estudos feitos desde 1992, in vitro ou em camundongos, que apontam que a substância artepelin C do própolis combate células tumorais no fígado", aponta a nutricionista Danielle Nascimento, do programa de educação nutricional Viva Melhor. Leia no rótulo as instruções de consumo de acordo com o tipo de própolis que você comprar, que pode variar de uma colher de chá a uma quantidade específica de gotas de acordo com a idade da pessoa.