12 dúvidas comuns sobre a dieta dos pontos

Confira lista com as dúvidas mais pertinentes e conheça os mitos e verdades sobre a dieta

POR REDAÇÃO - ATUALIZADO EM 14/01/2019

Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre a famosa dieta dos pontos. Por isso, selecionamos através da nossa plataforma Pergunte ao Especialista as 13 perguntas mais pertinentes de quem deseja fazer a dieta e emagrecer com saúde. Confira lista completa e tire suas dúvidas:

PUBLICIDADE

1 - Crianças podem fazer a dieta dos pontos?

Em todas as metodologias, a dieta dos pontos não é recomendada para menores de 18 anos, pelo fato dos cálculos realizados não serem baseados nessa faixa etária, mas sim em adultos. Uma criança provavelmente não atingiria a necessidade energética e nutricional seguindo estas recomendações. Para este público, as orientações e recomendações nutricionais são diferentes de adultos.

2 - Pessoas vegetarianas podem fazer a dieta dos pontos?

Sim, é possível seguir a metodologia de Dieta dos Pontos, pois elas não têm uma recomendação "fechada" em relação aos alimentos que a compõe. Na maioria das Dietas dos Pontos, conta-se com uma alimentação geral saudável, não disponibilizando cardápios específicos para uma alimentação vegetariana, por exemplo. No entanto, você pode adequar a Dieta dos Pontos ao seu estilo de vida e necessidades, introduzindo os alimentos que consome normalmente em seu cotidiano. É importante lembrar que uma dieta vegetariana requer quantidades e recomendações específicas de nutrientes, por isso o acompanhamento com um nutricionista é fundamental para prevenir desequilíbrios nutricionais.


3 - A dieta dos pontos realmente funciona para qualquer um?

O resultado da Dieta dos Pontos dependerá de cada pessoa, organismo e adaptação de cada um. Vale lembrar que é um método de organização alimentar com uma determinada restrição necessária à perda de peso. Para uma melhor performance em adquirir o objetivo e meta, é fundamental a orientação junto a um nutricionista durante todo o processo.

4 - Há alguma contraindicação para fazer a dieta dos pontos?

Não há nenhuma contraindicação em fazer a dieta dos pontos voltada para a perda de peso. Apenas é essencial que o indivíduo adapte à dieta de acordo com a recomendação de seu nutricionista e também de seu médico, caso necessário.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

5 - Posso fazer a dieta dos pontos mesmo estando grávida?

A dieta dos pontos não é recomendada para gestantes nem lactantes, uma vez que a mesma tem enfoque na perda de peso e realiza uma restrição calórica. Nesta fase da vida, não é adequado a realização de uma dieta restritiva pois aumentam-se as necessidades nutricionais. É fundamental adaptar a alimentação desta fase com um profissional nutricionista e realizar o pré-natal com um médico especialista.

6 - Como faço a dieta dos pontos?

O método da dieta dos pontos se baseia na representação das calorias conjuntamente com os nutrientes consumidos através de pontos. O proposto pelo método é seguir a pontuação indicada através da quantidade e qualidade dos alimentos que geram essa pontuação. No entanto, antes de iniciar e durante a realização de qualquer método para perda de peso, é fundamental.

7 - Quantos pontos eu posso consumir diariamente com a dieta dos pontos?

Na dieta dos pontos, a pontuação é indicada de acordo com os dados antropométricos dos indivíduos (como por exemplo, peso e altura).

8 - Onde eu posso encontrar um cardápio para a dieta dos pontos?

Não é recomendado seguir um cardápio "pronto" para o emagrecimento. O que se pode fazer é adequar o método de dieta dos pontos junto a um nutricionista.

9 - Quantos quilos eu consigo emagrecer semanalmente fazendo a dieta dos pontos?

A perda de peso irá depender de cada organismo. Geralmente, a média de perda de peso dentro de uma dieta dos pontos é de 1 kg por semana, ou seja, 4 kg por mês. Esta média pode variar de indivíduo para indivíduo, tanto para menos como para mais. É importante lembrar que qualquer método de emagrecimento que deseja adotar, deve ser acompanhado por um profissional nutricionista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

10 - Quantas calorias uma pessoa que faz a dieta dos pontos pode consumir?

As calorias dentro da metodologia de dieta dos pontos são relacionadas com a pontuação sugerida para cada um, ou seja, pode variar para cada indivíduo de acordo com os fatores antropométricos (peso e altura, por exemplo). É importante lembrar que qualquer método de emagrecimento que deseja adotar, deve ser acompanhado por um profissional nutricionista.

11 - Quais são os alimentos que compõem a dieta dos pontos?

Os alimentos que compõem a dieta dos pontos são baseados nos grupos alimentares sugeridos no Guia Alimentar para a População Brasileira. No entanto, na metodologia de dieta dos pontos são englobados todos os alimentos, como um incentivo para o consumo de alimentos que colaboram com a melhoria da qualidade de vida. É importante lembrar que qualquer método de emagrecimento que deseja adotar, deve ser acompanhado por um profissional nutricionista.

12 - Qual é dieta mais eficiente a curto prazo, dieta dos pontos ou dieta detox?

Primeiramente, é essencial ressaltar que nenhuma dieta que vise apenas um curto prazo é mais eficiente do que as que visam mudanças alimentares a longo prazo. A diferença entre a dieta dos pontos e a dieta detox é que a primeira é uma metodologia, que não possui cardápios específicos e geralmente foca tanto na quantidade (através da pontuação sugerida para os alimentos) quanto na qualidade da alimentação (através do incentivo para o consumo de todos os grupos alimentares referenciados no Guia Alimentar para a população brasileira). Já a dieta detox não é uma metodologia, mas sim uma determinação de padrão alimentar que tem enfoque maior em dois grupos alimentares específicos: grupo das frutas e grupo das hortaliças, sem incentivo ou até mesmo grande restrição aos outros grupos alimentares. Vale lembrar que o processo de desintoxicação ocorre de forma natural no corpo humano, quando utilizada uma alimentação adequada e saudável, proposta pelo Guia Alimentar para a população brasileira. E para uma maior eficiência você deve adotar hábitos alimentares e estilo de vida equilibrados, buscando métodos seguros e apropriados ao emagrecimento junto à um profissional nutricionista.

Todas as respostas foram publicadas pela nutricionista Isabelly Silva (CRN: SP-47452/P)