6 substituições menos calóricas de bebidas alcoólicas

Veja como não abusar das calorias na hora do happy hour, mas lembre-se: beba com moderação

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 04/07/2017

O consumo de bebidas alcoólicas não é algo indicado, devido aos malefícios que pode trazer para a saúde, Mas a gente sabe que às vezes é muito difícil resistir àquela cerveja geladinha ou a uma taça vinho em um dia frio. E se você está de dieta, as restrições parecem ainda maiores, já que, na maioria dos casos, elas possuem uma grande quantidade de carboidratos.

PUBLICIDADE

Segundo a nutricionista do Dr. Consulta, Mariana Maciel, é preciso escolher uma bebida que lhe agrada, indo além do valor calórico. "Talvez alguma bebida seja menos calórica que outra, mas não nos agrada. O risco é desistirmos e acabarmos partindo para a nossa bebida preferida já tendo bebido a outra ou sairmos frustrados, aumentando a sensação de que fazer dieta é um fardo", comentou.

Portanto, nós selecionamos as bebidas que apresentam um número de calóricas menor e com a ajuda dos especialistas indicamos algumas substituições que podem ser realizadas. Veja abaixo:


1. Trocar o vinho branco por champagne é a melhor escolha?

Antes de revelar qual a melhor substituição a ser feita, é preciso entender um pouco sobre diferença entre vinhos, espumantes e champagnes. O processo de produção do vinho branco é bem parecido com o do vinho tinto. Mas nesse caso, não se pode deixar a casca da uva fermentar junto com o vinho, pois é ela que dá a coloração à bebida.

O espumante também é um vinho, mas com a adição de gás carbônico. Essa característica é resultado de uma segunda fermentação que o vinho passa. Já o champagne é um espumante original, que tem origem exclusivamente na região de Champagne, na França. A produção do champagne é mais elaborada, necessitando de diversas etapas especificas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Uma taça de champagne ou espumante possui cerca de 60 calorias, já o vinho branco pode variar entre o seco ou doce, mas possui um valor calórico maior. "O espumante normalmente é um pouco menos calórico por dose do que o vinho branco (em torno de 20%)", alerta. Mariana.

2. Substituir cerveja normal pela light ou sem álcool ajuda a reduzir as calorias?

Recusar uma cervejinha trincando é uma tarefa muito difícil para muitas pessoas, porém a cerveja é uma bebida produzida a partir da fermentação de cereais, principalmente a cevada maltada, o que a torna uma bebida extremamente calórica.

"A cerveja sem álcool é a melhor opção, já que o álcool é muito calórico. Aproximadamente 95% do álcool que ingerimos vira gordura", revelou o nutricionista, Cassiano Prado.

De acordo com análises, uma latinha de cerveja comum possui cerca de 150 Kcal, já a light ou sem álcool apresenta apenas 89 calorias. "Essa troca ajuda a reduzir em torno de 25-30% das calorias em relação à versão original, dependendo do fabricante. Entretanto, vale lembrar que ainda é uma bebida muito rica em carboidratos e por isso não estaria liberada para alguns tipos de dietas", afirma a nutri Mariana Maciel.

3. Consumir a caipirinha com adoçante é melhor para quem está de dieta?

A caipirinha é um dos drinks mais populares do Brasil, a variação entre as frutas que podem ser acrescentadas tornam a bebida ainda melhor. Uma forma de tornar a caipirinha menos calórica é substituindo o açúcar pelo adoçante, ou até excluindo esses ingredientes da preparação. Essa alteração resultaria em uma diminuição de até 30Kcal.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

De acordo com o Dr. Cassiano Prado, a troca pelo adoçante torna a bebida menos calórica, sendo uma boa opção para pessoas de dieta, além de inibir o pico glicêmico. "Como provavelmente a pessoa está sentada, a ingestão da caipirinha com adoçante irá resultar em uma produção menor de gordura", declarou o especialista.

4. Trocar a vodka por saquê ajuda a reduzir as calorias?

As duas bebidas são usadas para a preparação de diversos coquetéis, inclusive a caipirinha, mas escolher o certo pode ajudar a tornar seu drink menos calórico. Apesar do saquê ser uma bebida produzida pelo arroz, uma dose de saquê contém apenas 65Kcal, já a vodka possui 120Kcal.

"Comparando o valor calórico por 100 mL da bebida, a melhor opção seria o saque sim, mas devemos sempre lembrar que tudo está relacionado à quantidade a ser ingerida. Se a pessoa conseguir ficar com dose menor de vodka, pode fazer essa opção também", comentou o nutricionista, Cassiano Prado.

5. Substituir o vinho suave pelo seco é uma boa opção?

O vinho é rico em antioxidantes, os polifenóis e os flavonoides, e para a ciência o consumo dessa bebida pode trazer benefícios ao coração, a libido, à dieta e combate o envelhecimento precoce. Contudo, para obter as vantagens da bebida o consumo deve ser moderado, uma taça por dia.

Os vinhos suaves são mais doces, já que neles são inseridos açúcar, e o que agrada melhor o paladar das pessoas. Uma taça de vinho suave possui cerca de 210Kcal, enquanto, o vinho seco apresenta 130Kcal. Portanto, o vinho seco é o mais adequado para o consumo de quem está de dieta.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

"Especificamente nesse caso, deve-se optar pelo que a pessoa preferir, desde que se controle a quantidade ingerida", revela a nutricionista Mariana Maciel.

6. Trocar uma dose de licor por uma de cachaça é menos calórico?

A cachaça trata-se de um destilado feito à base de cana-de-açúcar, na composição da cachaça estão mais de 300 substâncias, das quais noventa e oito por cento (98%) consistem de água e etanol. Já o licor é uma bebida composta por álcool misturado com frutas, temperos, flores, sementes, raízes, e uma substância doce que pode ser sacarose, mel ou glicose.

O valor calórico de ambas bebidas são altos e parecidos, por isso elas não seriam tão indicadas para uma pessoa que está de dieta ou por algum motivo procura reduzir as calorias da alimentação. Entretanto, na hora de escolher entre uma ou outra, a cachaça pode ser a opção menos prejudicial, já que uma dose da cachaça tem 115Kcal e a do licor possui 182Kcal.

"O licor realmente tem uma quantidade de açúcar melhor, porém o teor alcoólico da cachaça é maior, mas pode ter danos futuros, por isso se fomos pensar a longo prazo talvez o licor seja a melhor opção. Mas quando falamos somente em beber uma dose, o licor possui menos calorias", disse o Dr. Cassiano Prado.