Fuja dos erros que engordam quem resolve virar vegetariano

Saiba como viver bem, se ganhar peso mesmo com limitações no consumo de proteínas

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 21/05/2008

O vegetarianismo está cada vez mais popular. E existem muitas variações nesse grupo: desde os que não comem carne vermelha até os que não se alimentam de nada que tenha origem animal (incluindo leite e ovos). Em torno desse hábito de vida, existem muitas polêmicas, começando pelo abandono definitivo do consumo de carne, que pode levar a uma aneimia, caso não haja outra boa fonte de proteína na alimentação.

Mesmo sem as carnes, ainda há uma lista imensa de alimentos, muitos deles engordativos, que fazem parte do cardápio dos vegetarianos. E é a escolha errada deles e algumas combinações que levam ao ganho de peso.

O primeiro erro cometido pela maioria é o excesso de pratos ricos em carboidratos, como massas e arroz. Muitas vezes, mais de uma porção de carboidratos na mesma refeição. Outro hábito muito comum é o excesso de queijo nas receitas e frituras. A dieta pode ser bastante variada mesmo sem carne, mas é preciso balancear muito bem para que o que não haja carências nutricionais e nem aumento de peso.

"É freqüente vermos vegetarianos acima do peso. Isso ocorre, na maioria dos casos, porque a dieta puramente vegetariana muitas vezes não é capaz de suprir a quantidade necessária de proteínas, a menos que seja muito bem orientada", explica o médico endocrinologista Fillipo Pedrinola, de São Paulo (SP).

A dieta vegetariana é caracterizada por níveis reduzidos de gorduras saturadas, colesterol e proteínas animais, e níveis superiores de carboidratos, fibras, potássio, antioxidantes, tal como as vitaminas C e E. Mas isso não significa que os vegetarianos não engordem.

"Como toda dieta, não existe milagre! A alimentação dos vegetarianos deve ser balanceada assim como qualquer outra. Excessos podem causar aumento de peso. Um erro muito comum é o excesso de massas e de gordura na alimentação, já que se restringe o consumo de carnes", diz a nutricionista Michele Ferreira de Simone, também de São Paulo (SP).

A relativa falta de proteínas pode sinalizar o centro da fome - localizado no cérebro - com a informação que deve compensar essa deficiência aumentando, assim, o consumo de carboidratos. "Esses carboidratos, principalmente aquele de alto índice glicêmico ou refinados (pão branco, açúcar, batata, massas e tortas), se ingeridos em excesso, levam ao ganho de peso", completa Filippo.

7 DICAS PARA PERDER PESO

A nutricionista Michele Ferreira, apresenta dicas para eliminar as gordurinhas indesejadas:

1. Dê preferência aos carboidratos integrais (arroz, massas e pães integrais) que são mais nutritivos do que os refinados

2. Evite o consumo de doces e açúcares

3. Consuma grãos como trigo, centeio, cevada que têm uma quantidade grande de fibras e causam a sensação de saciedade por mais tempo

4. Controle o consumo de queijos gordurosos, ovos e frutos oleaginosos como nozes e amêndoas

5. Prefira as versões light e desnatados

6. Abuse das ervas naturais para dar mais sabor às preparações (alecrim, manjericão, orégano, cebolinha, entre outras)

7. Pratique atividade física!











PUBLICIDADE