8 alimentos que podem piorar a hemorroida

Queijos, pimenta e condimentos: veja os alimentos que precisam de cuidado extra quando consumidos por quem tem hemorroida

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 17/10/2017

Chocolate - Foto: Getty Images
Chocolates mais gordurosos alteram as fezes e também podem piorar o estado das hemorroidas

Uma alimentação balanceada, sem escassez ou exageros, é responsável pela prevenção de uma série de enfermidades, inclusive do aparecimento ou agravamento das hemorroidas. Aliados a boas práticas, como exercícios físicos e higiene local adequada, alguns alimentos podem facilitar a vida de quem sofre com esse problema. É o caso de uma dieta rica em fibras e água, por exemplo, recomendação número um de coloproctologistas e nutricionistas. Do outro lado, porém, existem os vilões alimentares, que merecem atenção e, acima de tudo, moderação.

PUBLICIDADE

Prestar atenção ao prato de todo dia e escapar das ciladas alimentares são atitudes que precisam estar no radar de quem tem hemorroida. Veja os alimentos que pedem moderação no dia a dia:

Queijos e outros alimentos muito gordurosos

De acordo com a coloproctologista Sonia Yusuf, do Hospital Santa Cruz, queijos e outros alimentos gordurosos podem irritar o intestino e a região anal, ainda mais em casos de pacientes com intolerância à lactose.

Os alimentos ricos em gorduras e carboidratos simples, como lanches e fast-food, podem desequilibrar a flora intestinal, causando prisão de ventre ou até mesmo episódios de diarreia. A inflamação nas hemorroidas externas também pode piorar, já que todo movimento do intestino é afetado pela má alimentação, estimulando evacuações traumáticas e com dor.

Pimenta vermelha

Muita gente acredita que a pimenta vermelha é a grande responsável pelo aparecimento das hemorroidas. De acordo com o coloproctologista Marcelo Aniche, da Clínica Fares, não é bem por aí. Ele explica que não há nenhum estudo que comprove a ligação entre a pimenta vermelha e o desenvolvimento da doença hemorroidária, mas o agravamento do problema pode, sim, ocorrer com a ingestão do alimento.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

"A capsaicina, principal elemento ativo da pimenta, não é absorvida pelo organismo. Então, a pimenta vermelha pode aumentar o desconforto e a queimação para quem tem fissuras anais, por exemplo, na hora de ir ao banheiro. Se a pessoa tem hemorroida também, vai sofrer um pouco mais. Por isso, recomendamos que os pacientes evitem esse alimento", pondera.

Condimentos

Como no exemplo da pimenta vermelha, que aumenta a sensação de desconforto e queimação, é preciso cuidado redobrado com alimentos muito condimentados, como molhos, caldos concentrados, mostarda e ketchup.

Além de irritar a mucosa da região anal, onde estão presentes as hemorroidas, alimentos com temperos fortes e picantes podem causar um verdadeiro desarranjo na harmonia intestinal, com alteração na consistência das fezes, e dificultar o tratamento adequado da doença hemorroidária.

Bebidas alcoólicas

Se você recebeu o diagnóstico positivo para hemorroidas, é hora de reconsiderar drinks e outras bebidas alcoólicas que fazem parte da rotina. Isso porque o álcool pode aumentar - e muito - o desconforto de quem convive com a dilatação e inflamação das veias hemorroidais, atrasando o tratamento e a recuperação.

"Além de diminuir a movimentação do intestino, o que já gera um desequilíbrio no organismo, o álcool pode piorar a inflamação das hemorroidas e ainda ressecar as fezes, o que causa uma evacuação traumática e forçada", alerta a especialista Sonia Yusuf. Além da dor, o álcool também pode aumentar os sangramentos de hemorroidas internas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Refrigerantes e bebidas açucaradas

A ingestão de líquidos é muito importante como forma de prevenção e tratamento da dilatação das veias da região anal, mas não no caso de bebidas artificiais.

Marcelo Aniche explica que refrigerantes e sucos de caixinha têm muito açúcar, conservantes e outros elementos químicos que podem atrapalhar o trabalho natural do intestino. Segundo ele, tais ingredientes podem passar por uma fermentação no organismo, levando à constipação. "O ideal é beber água e sucos naturais, apenas", orienta.

Café

Nada em quantidades absurdas ou exageradas faz bem, como você deve imaginar. Com o café, não é diferente. A bebida que nos mantém ativos e despertos pode atrapalhar as funções do intestino quando ingerida em grandes quantidades, como alerta a coloproctologista Sonia Yusuf.

Segundo ela, o cafezinho pode aumentar a desidratação, levando ao ressecamento das fezes armazenadas. O resultado, como sempre, é uma evacuação forçada, com chances de sangramento das hemorroidas.

No lugar do café, ela recomenda chás naturais, como o de camomila e erva-doce. Mas lembre-se: chás laxantes não são indicados.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Chocolate

O docinho também precisa entrar na fila dos alimentos que precisam ser consumidos com cuidado. De uma forma geral, a dica é consumir com bastante moderação ou preferir barras com maior porcentagem de cacau no lugar do tradicional "ao leite".

Chocolates com 70% cacau possuem menos açúcar e leite, dois ingredientes que, em excesso, podem alterar o funcionamento do intestino - para pior. A má influência dos chocolates mais gordurosos altera as fezes e também pode piorar o estado das hemorroidas.

Frituras

Coxinhas, batatas e bolinhos fritos são alimentos com lugar cativo no prato de muita gente. O problema está na qualidade nutritiva de cada um deles. Salgadinhos fritos são ricos em gorduras saturada e trans, como aponta o coloproctologista Marcelo Aniche: "quem se alimenta muito com frituras, certamente não come fibras. Isso é um grande problema para quem tem hemorroida".