Ingerir líquido durante as refeições faz mal?

Tudo vai depender do líquido ingerido, da quantidade ingerida e da situação de saúde do indivíduo.

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 10/09/2018

Catia Medeiros
Nutrição - CRN 23479/SP
especialista minha vida

E bem comum o questionamento sobre o consumo de líquidos durante as principais refeições. Existe uma grande dúvida sobre esta questão ser benéfica ou não.

PUBLICIDADE

A resposta é: depende! Tudo vai depender do líquido ingerido, da quantidade ingerida e da situação de saúde do indivíduo.

Os maiores receios que se tem ao ingerir líquido nas refeições, é de fazer mal, engordar ou aumentar barriga. Porém, afirmar que tal prática vai engordar ou aumentar a barriga não pode ser levado como total verdade. Tudo vai depender de uma série de outros fatores da rotina alimentar de cada pessoa.

O excesso de líquido misturado aos alimentos realmente pode causar um desconforto, dilatando o estômago e provocando uma sensação de inchaço abdominal, o que muitas vezes é confundido com o aumento da barriga.

Este hábito se tornando rotineiro, irá provocar a dilatação do órgão. Uma das formas que temos para atingirmos a saciedade é quando todo o espaço do estômago está preenchido, sendo enviado uma mensagem de sinalização de saciedade. Portanto quanto maior o ?reservatório?, maior o volume consumido e muitas vezes além de nossa necessidade diária. Esse aumento na quantidade de alimentos consumidos é que ocasionará o ganho de peso e, consequentemente, poderá contribuir para o aumento da gordura abdominal, sendo pior ainda se os líquidos escolhidos forem açucarados e calóricos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Outra preocupação em relação ao assunto é se ocorre prejuízo na digestão, e de certa forma novamente a questão é quanto ao volume consumido. Quando ingerimos muito líquido durante as refeições, a concentração de ácido clorídrico presente no estômago diminui e algumas enzimas são diluídas, dessa forma pode prejudicar a digestão dos alimentos e pode ocasionar indigestão, gases e flatulências.

Para as pessoas que não conseguem abandonar esse costume, o tipo de líquido ingerido também é importante. Os refrigerantes são mais prejudiciais, pois possuem gases que dilatam ainda mais o estômago. Nesse caso, o recomendado é que você beba água ou um suco de frutas natural em pequeno volume e que não seja prática rotineira.