Chá de Salsa emagrece? Descubra como fazer e benefícios

Conhecido por sua função diurética, o chá de salsa também previne doenças cardíacas e pode até prevenir o câncer

POR BÁRBARA CORREA - PUBLICADO EM 08/05/2020

Pensando em evitar dietas restritivas radicais, quem não abre mão de métodos naturais de emagrecimento começou a usar o chá de salsa como uma alternativa para perder peso, pelas diversas propriedades diuréticas. Porém muitas pessoas têm a dúvida se esse método realmente é eficaz.

Para entender se o chá de salsa realmente emagrece, saiba mais sobre as propriedades da salsa e como ela atua no corpo.

A salsa possui diversas funções benéficas para o organismo. Possui ação diurética, é estimulante, vasodilatadora, tonificante, possui componentes fitoquímicos como flavonóides, carotenóides, é antioxidante, alivia sintomas e previne desequilíbrios orgânicos.

PUBLICIDADE

Chá de salsa emagrece?

Débora Palos, nutricionista da clínica Dra. Maria Fernanda Barca, explica que o chá, isoladamente, não tem nenhum papel de queima de gordura ou de aceleração do metabolismo.

No entanto, se for usado em conjunto com uma alimentação saudável e atividade física, pode sim ajudar no emagrecimento.

"Isso porque o chá de salsa contém nutrientes que ajudam na redução do inchaço causado pelo acúmulo de líquidos e desintoxica o corpo, ajudando no funcionamento dos rins e fígado e melhorando o metabolismo do corpo", explica ela.

A endocrinologista Maria Fernanda Barca acrescenta que, diferentemente do que muitas pessoas pensam, os diuréticos, no geral, não emagrecem, apenas ajudam a eliminar líquidos em excesso no corpo.

Para que serve o chá de salsa?

  • Auxilia na digestão: a salsa estimula o bom funcionamento do aparelho digestivo, estimulando a liberação de enzimas do estômago e de ácido clorídrico
  • Controla o apetite
  • Previne azia e má-digestão
  • Melhora o mau hálito: pela clorofila, poder alcalinizante e propriedades antibacterianas, ajuda a purificar e melhorar a saúde bucal. Porém, não trata as causas da halitose
  • Melhora a circulação sanguínea
  • Previne doenças cardíacas: a salsa contém ácido fólico, que contribui para controlar a homocisteína, uma substância que em excesso pode causar infartos, aterosclerose, derrame.
  • Auxilia no tratamento e precaução da anemia: pois é rica em ferro e vitamina C, que ajuda na absorção de ferro
  • Estimula o bom funcionamento dos rins: por ser diurética, melhora a circulação e elimina as toxinas do corpo
  • É antioxidante: por ser rica em vitamina C, ferro e manganês, ajuda a combater os radicais livres, que podem causar o envelhecimento precoce e doenças degenerativas
  • Impede a formação de pedra nos rins: a clorofila e magnésio presentes na composição ajudam a impedir a formação das pedras, mas não é recomendado para quem já tem pedras no rim, pois elas podem se movimentar e causar as crises
  • Fortalecer a imunidade: devido à vitamina C presente na composição
  • Anticancerígena: a salsa tem um componente chamado miristicina, que ajuda a prevenir o desenvolvimento de tumores
  • Diminui o inchaço da menstruação
  • Pode ajudar a reduzir as cólicas menstruais: é antiespasmódica. Devido uma substância que estimula a contração dos músculos do útero, facilita a liberação do sangue
  • Ajuda a regular o ciclo menstrual e melhora a circulação sanguínea
  • Ajuda a controlar o açúcar no sangue: estudos apontam que a salsa pode ter ação hipoglicemiante. Além disso, por ter poucas calorias e pouco carboidrato, ajuda a controlar a glicemia juntamente com uma alimentação equilibrada

Como fazer o chá de salsa?

O chá de salsa é feito com a erva e água em infusão e pode ser usado apenas com as folhas ou com as raízes da planta.

Para 500 mL de água, coloque uma colher de sopa da erva. Deixe a água ferver, desligue o fogo, adicione a erva e tampe por 5 a 10 minutos. "O chá deve ser consumido fresco, pois pode oxidar e perder suas propriedades", explica a nutricionista.

Débora recomenda tomar 3 a 4 xícaras de chá por dia, variando até 4 colheres de sopa de salsinha por infusão, dependendo do caso. Além disso, ela aconselha que o chá seja consumido durante o dia, pois, por ser diurético, pode provocar necessidade de urinar a noite, dificultando o sono.

Contraindicações

Segundo a endocrinologista Maria Fernanda, o chá de salsa é contraindicado para pessoas com pedras nos rins, nefrose, em uso de coagulantes ou pessoas com pressão alta.

"As gestantes também não devem consumir o chá, pois pode provocar movimentos uterinos e levar ao aborto, porém não tem estudos que comprovem o mecanismo de ação. Nesses casos é importante também evitar o consumo excessivo da salsa como tempero", acrescenta.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)