Noni: conheça esse fruto polêmico que é proibido no Brasil

Descubra se o noni emagrece e se pode causar problemas de saúde

REVISADO POR
Dr. Miguel Curto
Nutrologia - CRM 24630/SP
especialista minha vida
O noni causa muita polêmica - Foto: Getty Images
O noni causa muita polêmica

O fruto noni, cujo nome científico é Morinda citrofolia Linn, é proveniente de uma árvore de médio porte originário da Ásia e Polinésia, que se adaptou bem ao clima brasileiro de forma a produzir frutos durante todo o ano. Visualmente é parecido com a fruta-do-conde e é popular na Ásia, sendo receitado para combate de dores no corpo até diabetes e câncer. Mas é visto com cautela por autoridades brasileiras devido aos estudos sobre o fruto ainda estarem em estágio inicial.

PUBLICIDADE

Uso do Noni no sudeste asiático

No Sudeste Asiático o noni é utilizado na medicina popular para o tratamento de diversas enfermidades. Nas últimas décadas, houve um aumento significativo no consumo do fruto e seus derivados no Brasil.

Contudo, o consumo de noni é polêmico no país devido à falta de estudos conclusivos sobre o fruto e seus derivados. Sendo que muitas pesquisas mostraram a toxidade dos sucos e preparações com noni, que podem danificar o fígado. Por isso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA, proibiu a comercialização de qualquer alimento contendo o noni como um dos ingredientes.


Principais nutrientes do noni

A composição nutricional do noni ainda não está completamente concluída. Alguns estudiosos afirmam que os compostos fenólicos representam o maior grupo de substâncias funcionais presentes neste fruto.

O noni também conta com boas quantidades de vitamina C, por isso muitos aderem ao suco de noni. De acordo com um estudo divulgado pela Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial em 2014, a análise físico-química da fruta madura apresentou uma quantidade média de 243,16 mg de vitamina C em 100 gramas de polpa. Assim, 100 gramas de noni possui 270% da quantidade recomendada de vitamina C em um dia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Entenda por que o noni é proibido no Brasil

O noni é polêmico devido à falta de estudos conclusivos sobre seus malefícios ou benefícios. De acordo com a ANVISA, os produtos contendo noni não podem ser comercializados como alimentos no Brasil, pois até o momento não apresentaram comprovação de segurança de uso.

A ANVISA proibiu a venda de derivados de noni - Foto: Getty Images
A ANVISA proibiu a venda de derivados de noni

Diversos relatos de casos publicados em revistas científicas indexadas sugerem que o consumo de suco de noni está associado a casos de toxicidade hepática. Além disso, um trabalho experimental apresentado no XV Congresso Brasileiro de Toxicologia investigou os possíveis efeitos adversos do extrato aquoso do fruto de noni (Morinda citrifolia) sobre a prenhez e parturição de ratas progenitoras. Os autores concluíram que a exposição ao extrato seco do fruto de noni pode provocar efeitos adversos na gestação desses animais.

Alguns estudos sugerem, ainda, que as substâncias responsáveis pelos efeitos tóxicos seriam as antraquinonas. A caracterização completa do noni e de seu suco ainda não foi concluída, inclusive em relação às antraquinonas, que anteriormente acreditava-se estarem presentes apenas em raízes e folhas desta planta.

Benefícios da fruta noni em estudo

Os estudos disponíveis sobre os benefícios noni ainda são inconclusivos em relação aos seus efeitos benéficos ou nocivos à saúde. Por conter substâncias com ação antioxidante, existe a possibilidade do noni proteger as células contra a ação nociva dos radicais livres.

O noni hoje tem sido apontado como benéfico para diversos aspectos, como ajuda na produção da melatonina, alívio da dor crônica, redução de fadiga e até mesmo para ajudar na hipertensão. No entanto, não há estudos definitivos sobre o tema.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Além disso, a fruta noni contém bromelina, uma enzima que ajuda na digestão e também é presente no abacaxi. Isso, aliado a seus bioflavonoides e antraquinonas (substâncias antioxidantes e estimulantes digestivos), a tornam interessante para digestão.

Noni ajuda a emagrecer?

O noni pode ser combinado com suco de uva - Foto: Getty Images
O noni pode ser combinado com suco de uva

Não é possível saber se a fruta noni emagrece, ajudando na perda de peso ou não. Isto porque não existem estudos que foram capazes de comprovar este benefício.

É importante ressaltar que para emagrecer com saúde basta ter uma alimentação balanceada, rica em frutas, legumes, verduras, cereais integrais e carnes magras, reduzir as gorduras, sal e açúcar, ingerir menos calorias e praticar atividades físicas.

Como tomar noni?

Não há uma recomendação específica estabelecida para o consumo de noni até o momento.

Como consumir noni - e devo fazer isso?

Como os estudos disponíveis sobre o noni até o momento são inconclusivos, ainda não estão claros os benefícios provenientes de seus antioxidantes e os efeitos nocivos relacionados à sua toxicidade. Por isso, é importante muita cautela ao consumir o noni. Lembrando que os produtos derivados do fruto tem a comercialização proibida no Brasil pela ANVISA.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Combinando o noni

O noni possui um sabor e odor bastante intensos, por isso, tem sido consumido com frutas, como uva, goiaba, limão e maracujá, com a única finalidade de torná-lo mais agradável.

Fontes consultadas:

Nutricionista Carina Tomida Shaletich, membro do Conselho Regional de Nutricionistas 3ª Região
Químico industrial Edy Brito, pesquisador da Embrapa Agroindústria Tropical.
Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)