Dieta das frutas dá resultado rápido: como fazer e cardápio

O método mais comum é passar por três dias apenas com frutas e uma porção de proteína por dia

ARTIGO DE ESPECIALISTA

Gabriel Cairo Nunes
Nutrição - CRN 22136/SP
especialista minha vida
Veja os benefícios da dieta das frutas - Créditos: TierneyMJ/Shutterstock
Veja os benefícios da dieta das frutas - Créditos: TierneyMJ/Shutterstock

Existem várias formas de realizar a dieta das frutas. O método mais comum é passar por três dias comendo apenas frutas e uma porção de proteína por dia. Essa é a dieta que foi proposta por um nutricionista americano chamado Jay Robb.

PUBLICIDADE

Nesse período, só é permitido comer, no máximo,1000 kcal por dia, sendo apenas cerca de 120 gramas de proteína magra no primeiro dia. Já no segundo e no terceiro dia, apenas 50 gramas de proteínas.

O método sugere que o organismo vá realizando uma espécie de detox, e em 3 dias, além da perda de 3-4 kg, o paciente se sente mais leve e limpo.


Como fazer a Dieta das Frutas

O método é capaz de ajudar qualquer pessoa acima do peso emagrecerPorém, os kgs podem variar para cada um. Uma dieta com apenas 1 mil calorias por dia é uma dieta restrita até mesmo para quem pesa 65 kg (pensando que o mínimo necessário para manter a regeneração dos tecidos é uma ingestão mínima de 1200 calorias).


Entretanto, as frutas são saudáveis e possuem alta qualidade nutricional, mas baixa em caloria. Por isso, seus resultados costumam ser tão rápidos. Mas vale lembrar que qualquer tipo de dieta necessita de um acompanhamento profissional.

Sugestão de cardápio

Dia 1Dia 2Dia 3
Café da manhã1 banana1 fatia de melancia2 fatias de melão
Lanche da manhã1 pera1 maçã1 mexerica
Almoço2 fatias de abacaxi + 1 filé de frango (60g)2 fatias de abacate + 1 filé de frango (50g)2 fatias de laranjas 1 filé de frango (50g)
Lanche da tarde1 banana2 fatias de melancia2 fatias de melão
Jantar1 pera + filé de peixe (50g)1 pera2 laranjas
Ceia2 fatias de abacaxi2 fatias de abacate2 fatias de melão

Como qualquer outra dieta, o cardápio pode variar de acordo com as necessidades nutricionais de cada indivíduo. Por isso, é importante consultar um especialista e verificar em qual perfil você se encaixa. A seguir, apenas um exemplo de cardápio para ficar claro como a dieta das frutas funciona:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Benefícios

  • Emagrecimento rápido: é uma alternativa para quem deseja perder peso rapidamente
  • Incentivo ao consumo de frutas: o método está o tempo todo incentivando o consumo de frutas, que são fontes de vitaminas, minerais e fibras importantes para o organismo.

Riscos da Dieta das Frutas

Mesmo que as frutas façam parte de uma alimentação saudável por conter vitaminas, antioxidantes e muita fibra, essa dieta é muito baixa em gordura e proteína.


Por isso, pode trazer prejuízos à saúde como anemia, osteopenia, deficiência de vitaminas do complexo b, levando a diversas síndromes.

Além disso, pode levar a levar a prejuízos por causa da compensação alimentare que pode ser realizada pela fome ou ainda pela própria restrição alimentar, que muitas vezes está associada ao consumo excessivo de calorias nos dias subsequentes. Sem contar sintomas como a baixa auto estima e outros.

Por essas razões, não é indicado seguir uma alimentação tão restrita assim, mas sou o indivíduo necessita consumir mais frutas do que vemos no dia a dia. Uma dieta mais ampla em variedades alimentares, com mais proteínas de origem animal, seja mais fácil de ser seguida. Diminuindo consideravelmente os risco de deficiência e transtornos emocionais.

Recomendações

A Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza que a distribuição dos macronutrientes para indivíduos saudáveis seja de: 55 a 75% de carboidratos, 10 a 15% de proteínas e 15 a 30% de gorduras.


Portanto, é importante salientar que a dieta das frutas vai completamente contra as orientações da OMS e ainda pode causar uma série de problemas de saúde. Por isso, a grande maioria dos médicos nutrólogos e nutricionistas não recomendam que as pessoas sigam a dieta.