Pitaya: tipos, benefícios e como comer a fruta do dragão

A fruta pitaya, seja amarela, rosa ou vermelha, tem benefícios que vão além da perda de peso; confira

POR TATIANE GONSALES

A pitaya é uma fruta originária de países como México e demais nações da América Central. É doce, porém, concentra pouco açúcar e ajuda quem quer emagrecer.

PUBLICIDADE

Conhecida como fruta do dragão por seu aspecto exótico e cores vibrantes, é rica em nutrientes e tem inúmeros benefícios à saúde.

Tipos de pitaya

Os tipos de pitaya são:


  • Pitaya amarela com polpa branca
  • Pitaya rosa com polpa vermelha
  • Pitaya rosa com polpa branca
Pitaya rosa com polpa branca, a mais comum no Brasil - Foto: Shutterstock
Pitaya rosa com polpa branca, a mais comum no Brasil

As variações da pitaya se diversificam pela cor (da casca e/ou da polpa), mas o sabor é semelhante: doce e suave. No Brasil, a mais comum é a pitaya rosa com polpa branca.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Há poucas diferenças em relação à quantidade de nutrientes entre os tipos de pitaya. Isso significa que qualquer pitaya que você coma, estará consumindo um fruto bastante benéfico à saúde.

Benefícios

De acordo com a nutricionista Patricia Bertolucci, a pitaya é um alimento bastante completo, pois apresenta diversos benefícios.

Previne diabetes

Ela explica que a pitaya é bastante rica em vitamina C. Isso significa que ela tem propriedades antioxidantes que reduzem os efeitos dos radicais livres. Essa redução, por sua vez, auxilia na prevenção da diabetes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Pitaya rosa com polpa vermelha - Foto: Shutterstock
Pitaya rosa com polpa vermelha

Aumenta a imunidade

Em apenas 100 gramas de pitaya é possível adquirir cerca de 35% da vitamina C diária que nosso organismo necessita, segundo estudos.

A vitamina C é responsável por aumentar a disposição e fortalecer o sistema imunológico, deixando nosso organismo mais reforçado contra doenças infecciosas e crônicas.

Vale lembrar que algumas das doenças infecciosas mais comuns são: dengue, malária, caxumba, tétano, tuberculose, ebola e AIDS (HPV).

Dentre as doenças crônicas estão: diabetes, câncer, AVC, bronquite, hepatite, asma, depressão, ansiedade, Parkinson e Alzheimer.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Pitaya amarela com polpa branca - Foto: Shutterstock
Pitaya amarela com polpa branca

Reduz colesterol ruim

Na pitaya há ainda vitaminas do complexo B, que melhoram o fluxo sanguíneo e reduzem os níveis de colesterol ruim.

Diminui compulsão alimentar

Além disso, o fruto tem um alto teor de fibras, o que equilibra os níveis de açúcar no sangue e diminui picos de glicose no organismo.

A fibra é também conhecida por causar saciedade, mas a pitaya tem outros componentes que ajudam essa sensação e vão além das fibras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

A tiramina inibe o apetite; já o glucagon elimina o desejo por doces. Assim, a fruta é indicada para quem apresenta compulsão alimentar, reduzindo o consumo excessivo e impulsivo de comida.

Ajuda a emagrecer

Muitos perguntam se "a pitaya emagrece". A resposta é: sim! A fruta caiu no gosto dos brasileiros justamente por ser uma aliada ao emagrecimento. Seu valor calórico é baixo, além de apresentar ação termogênica que atua na queima de gordura.

Para ter resultados mais rápidos e satisfatórios em relação à perda de peso, a nutricionista aconselha combinar a ingestão de pitaya com exercícios regulares.

Tabela nutricional da pitaya

Metade de uma pitaya (100 g) tem cerca de apenas 60 calorias (kcal). Assim, nas reduzidas calorias da pitaya, encontra-se uma rica diversidade de nutrientes e minerais essenciais para o nossa saúde.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Compare os valores nutricionais da pitaya rosa de polpa branca e da pitaya rosa de polpa vermelha.

Elemento (em cada 100 g de fruta) Pitaya rosa de polpa branca Pitaya rosa de polpa vermelha
Água (umidade) 85,9 g 87,5 g
Proteínas1,1 g 1,2 g
Fibras 1,4 g 1,2 g
Carboidratos 9,8 g 8,3 g
Cálcio 8,26 g 7,5 g
Vitamina C 7,34 g -

Fonte: Centro de Estudos Geográficos e Educacionais Prof. Álvaro José de Souza

Como comer pitaya

É comum a pergunta "como comer pitaya?", pois a fruta ainda está se popularizando pelo país.

Apenas a polpa da fruta é comumente consumida, segundo Patricia. Pode ser ingerida in natura, cortada em pedaços; ou como principal ingrediente em receitas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Normalmente é utilizada em geleias, sorvetes, sucos, doces e até como acompanhamento para saladas.

Receitas com pitaya

Sorvete de pitaya

A nutricionista Cristina Zinelli publicou uma receita de sorvete de pitaya (com apenas três ingredientes!) que conquistou os fãs.

https://www.instagram.com/p/BtldocqjUbk

Ingredientes:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
  • 1 pitaya pequena picada (apenas a polpa)
  • 4 bananas bem maduras congeladas
  • 3 colheres de sopa de leite de coco em pó

Modo de preparo:

Bata no liquidificador todos os ingredientes e leve ao freezer por 2 horas. Pronto! Simples e fácil.

Creme de pitaya com maracujá

A culinarista e apresentadora Bela Gil recomenda um creme de pitaya com maracujá como uma opção de lanche bem saborosa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Creme de pitaya pode ser combinado a demais frutas - Foto: Shutterstock
Creme de pitaya pode ser combinado a demais frutas

Ingredientes:

  • 1 pitaya
  • 1/3 de xícara de castanha-de-caju
  • 1/2 xícara de suco de maracujá
  • 1/3 de xícara de água
  • rapadura (1/3 de xícara e ralada), mel ou melado para adoçar

Modo de Preparo:

Descasque a pitaya, retirando a parte exterior (que se assemelha à pele de dragão, como espinhos). Corte o restante em pedaços.

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva. Se preferir, deixe na geladeira e consuma gelado.

Suco bronzeador de pitaya

Em seu site, a nutricionista Chris Castro ensina uma receita de suco bronzeador de pitaya. Afinal, os ingredientes aceleram a formação de melanina, previnem o envelhecimento e ajudam na pigmentação da pele.

Suco de pitaya - Foto: Shutterstock
Suco de pitaya

Ingredientes:

  • 1 cenoura média
  • 1/2 beterraba crua
  • 1 fatia de melancia
  • 1/2 pitaya

Modo de preparo:

Descasque a beterraba, a cenoura e a pitaya; corte-as em pedaços. Retire os caroços da fatia de melancia e a parte esverdeada. Corte em pedaços.

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva.

Você também pode adicionar gengibre, linhaça e outros grãos antes de bater os ingredientes. Estes alimentos auxiliam o emagrecimento e possuem fibras, aumentando a saciedade e ajudando a função intestinal.

Não é preciso adicionar água, pois a melancia já tem água o suficiente para não deixar a mistura semelhante a uma papa.

Produtos de beleza com pitaya

Além da gastronomia, a pitaya tem atraído empresas de cosméticos por seus benefícios à pele e ao cabelo.

Produtos de beleza tem aderido à fruta para:

  • Combate ao envelhecimento: devido à grande concentração de vitaminas, a pitaya é presente em diversas máscaras faciais para combater o envelhecimento da pele.
  • Bronzeamento: com a presença de substâncias que fortalecem a melanina, a fruta tem sido combinada com outros componentes naturais (como cenoura) para a produção de bronzeadores.
  • Cabelos mais macios: shampoos, condicionadores e cremes para cabelos com pitaya tem sido cada vez mais comuns, prometendo cabelos com maior maciez a partir do suco da pitaya.

Onde encontrar

No Brasil, é possível encontrar cultivos de pitaya principalmente nos seguintes estados:

  • Ceará
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Pernambuco
  • Rio Grande do Norte
  • Santa Catarina
  • São Paulo

A comercialização da pitaya no país se iniciou por volta de 2005 no Rio de Janeiro, segundo dados do Programa Brasileiro de Modernização do Mercado Hortigranjeiro (Prohort).

Como escolher

Na hora de comprar a fruta, verifique se a pitaya está com casca dura e sem manchas ou rachaduras.

Se sua casca estiver esverdeada, a fruta ainda não está madura. Por outro lado, se estiver amarelada e soltando líquido, significa que está madura demais (e até passou do melhor ponto para consumo).

Como armazenar

Caso compre a fruta e não queira comê-la de imediato, a dica é armazená-la na geladeira por até três dias em pote fechado ou saco vedado.

Já a polpa pode ser congelada e ficar no freezer por três meses.

Preço

O preço da pitaya costuma variar entre R$ 40 a R$ 90 o quilo, a depender do local de venda e se a fruta é nacional ou importada.

Como ter um pé de pitaya

Por ser uma árvore-cactus, o pé de pitaya deve ser plantado em local aberto e com sombra durante grande parte do dia. Isso porque não pode ficar excessivamente sob a luz, mas também não pode ser restrita ao sol.

Pé de pitaya deve ser plantado em local aberto - Foto: Shutterstock
Pé de pitaya deve ser plantado em local aberto

Depois que a fruta é retirada do pé, ela não amadurece mais. Por isso, apenas colha os frutos quando estiverem maduros.

Outros alimentos exóticos

Adicione o goji berry nas refeições para emagrecer

Referências:

Nutricionista Patricia Bertolucci

CORDEIRO, M.; et al. Caracterização Física, Química e Nutricional da Pitaya-rosa de Polpa Vermelha. Revista Brasileira de Fruticultura. 2015, v. 37, n. 1.

EBERLEIN-KÖNIG, B.; et al. Protective effect against sunburn of combined systemic ascorbic acid (vitamin C) and d-alpha-tocopherol (vitamin E). Journal of the American Academy of Dermatology. 1998, v. 38, n. 1, p. 45-48.

KIM, H.; et al. Comparative antioxidant and antiproliferative activities of red and white pitayas and their correlation with flavonoid and polyphenol content. Journal of Food Science. 2011, v. 76, n. 1.

PINTO, M.; et al. Quantificação De Polifenóis Totais e Atividade Antioxidante Total em Pitaya Vermelha (Hylocereus Undatus). Revista Encontros Universitários da UFC. 2016, v. 1, n. 1.

RODRIGUEZ, E. B.; et al. Health-promoting bioactivities of betalains from red dragon fruit (Hylocereus polyrhizus (Weber) Britton and Rose) peels as affected by carbohydrate encapsulation. Journal of the Science of Food and Agriculture. 2016, v. 96, n. 12, p. 4679-4689.

SWARUP, K.; et al. Effect of dragon fruit extract on oxidative stress and aortic stiffness in streptozotocin-induced diabetes in rats. Pharmacognosy Research. 2010, v. 2, n. 1, p. 31-35.

SONG, H.; et al. White Pitaya (Hylocereus undatus) Juice Attenuates Insulin Resistance and Hepatic Steatosis in Diet-Induced Obese Mice. PLoS One. 2016, v. 1, n. 2.

VALE, F.; et al. Determination of glycemic índex and glycemic loag of pitaya (hylocereus undatus): pilot study. Revista Motricidade. 2018, vol.14, n.1, p. 245-251.

WICHIENCHOT, S. M.; et al. Oligosaccharides of pitaya (dragon fruit) flesh and their prebiotic properties. Food Chemistry. 2010, v. 120, n. 3, p. 850-857.