Tomate é fruta ou legume? Veja calorias e benefícios

Você pode melhorar a sua pele e visão consumindo o alimento corretamente e ainda mais

POR CLOVIS FILHO

Tomates - Foto: goffkein.pro/Shutterstock
Tomates - Foto: goffkein.pro/Shutterstock

Comum na culinária italiana, o tomate, na verdade, é originário da América Latina. Quando foi encontrado e utilizado pelos europeus, foi considerado venenoso graças à combinação do líquido ácido com o estanho, comum na prataria da época. Isso acabava realmente deixando o alimento tóxico e causando mortes. Já nos tempos atuais, esse alimento não é mais um perigo e traz, inclusive, muitos benefícios dentro de uma dieta balanceada.

PUBLICIDADE

O que é tomate? Veja nutrientes

O tomate é uma fruta salgada vermelha, considerada como tal por conter sementes. A nutricionista Isabella Marin explica que ele é composto predominantemente por licopeno, colina, ácido fólico, betacarotenos, luteína e ácido alfa-lipóico. Além disso, é muito rico em Vitamina A, complexo B e C, potássio e cálcio.

Benefícios do tomate

Confira lista de benefícios que consumir tomate podem trazer para a sua vida, de acordo com as nutricionistas Isabella Marin e Roberta Thawana:



  • Auxilia na visão
  • Proteção solar
  • Melhora a pele e cabelo
  • Auxilia a saúde dos ossos
  • Controla a glicemia
  • Combate alguns tipos de câncer (em estudo)

1.Auxilia na visão


Por conta da Vitamina A, que protege a córnea, o tomate pode ser um aliado da visão. Quando o corpo possui baixa dessa vitamina, a pessoa pode ter dificuldades grandes de enxergar em ambientes com pouca luz.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

2.Proteção solar


O licopeno é uma das principais substâncias dentro do tomate e age a favor da pele, protegendo o corpo dos raios solares.

3.Melhora a pele e cabelo


Além da proteção solar, os tomates também ajudam a deixar a pele saudável, diminuindo a acne e promovendo a redução de manchas e erupções na pele. A presença das vitaminas também evita o envelhecimento da pele por conta dos seus efeitos antioxidantes.

4.Auxilia a saúde dos ossos


Os tomates são extremamente benéficos para a saúde óssea, já que contêm um porte considerável de vitaminas e cálcio, auxiliando na redução de osteoporose.

5.Controla a glicemia


O cromo é outro elemento importante presente na composição do tomate e está associado à redução da taxa de glicemia. Ou seja, controle dos níveis de açúcar no sangue.

6.Combate câncer (em estudo)

Segundo estudos, o tomate auxilia na redução das chances de câncer de próstata, pulmão e estômago. No entanto, outros artigos já associaram o consumo das sementes a problemas renais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Comer tomate engorda ou não?

Qualquer alimento em excesso pode fazer mal ao organismo e pode sim causar o ganho de peso inadequado. Porém, o tomate tem baixa caloria, portanto, só precisa ser ingerido da forma e na quantidade correta.

Inclusive, o tomate auxilia no emagrecimento, porque tem um baixo teor calórico, podendo ser consumido de uma forma mais abundante, entretanto, com moderação. Existem estudos que verificam seu poder termogênico sobre o nosso organismo, mas nada confirmado ainda.

Calorias do tomate

De acordo com a nutricionista Isabella Marin, os tomates possuem uma quantidade de calorias reduzida: são apenas cerca de 33 Kcal em uma unidade grande. Segundo ela, as calorias do tomate podem variar muito pouco de um tipo para outro, exceto os "superalimentos".

O único caso diferente é o do tomate seco, que é extremamente calórico. Isso porque ele leva, em média, a cada 100g de tomate seco, 800 Kcal.

Tipos de tomate

  • Tomate cereja
  • Tomate italiano
  • Tomate débora
  • Tomate holandês
  • Tomate seco
  • Tomate caqui ou salada
  • Tomates pretos e roxos
  • Tomate sweet grapes ou uva
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Tomate cereja

É o menor tomate consumido, ideal para saladas, pois é bem aguado e dá uma sensação de frescor. Recebe esse nome pela semelhança em tamanho com a cereja.

Tomate italiano

Este tomate é o mais ideal para fazer molhos, por ser mais carnudo e menos aguado, além de seu sabor mais forte e adocicado.

Tomate débora

Este tipo de tomate acaba se tornando um "coringa" já que fica entre os tomates mais aguados e os mais firmes, logo podem ser feitos saladas, molhos e até mesmo tomate seco.

Tomate holandês

Este tomate é bem peculiar, já que é vendido em ramos, os quais devem estar bem verdes, para melhor consumo. "Se estiverem marrons, não se deve comprar", recomenda ainda a nutricionista Isabella. Seu sabor é mais doce e menos ácido, podendo ser feito molho, saladas, pratos quentes e também até arranjos em mesas, como decoração.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Tomate seco

Este não acaba sendo em si uma variação, porém é um tomate feito para "finalizar" pratos, muito usado em pizzas e saladas. É o tipo mais calórico, isso por conta de todo o processo pelo qual passa para ser produzido.

Tomate caqui ou salada

Esta variação de tomate é indicada para fazer vinagretes, por exemplo, já que é bem aguado e com sensação de frescor ao morder.

Tomates pretos e roxos

Os tomates pretos, assim como os azuis, são uma variação que foi feita através do cruzamento entre tomates roxos e vermelhos, sendo considerado um superalimento, ou seja, que supre algum nutriente que não se faz presente totalmente em nossa alimentação. Suas cores foram propositais para diferenciá-los dos comuns. Já o tomate roxo é uma variação rara dos tomates, tendo ele as mesmas propriedades dos tomates vermelhos, e bem saboroso.

Tomate sweet grapes ou tomate uva

Estes são os mais "fofinhos", pois tem um formato semelhante aos de uma uva. Além disso, são semelhantes a um mini tomate italiano. Porém, é mais adocicado e encorpado que o tomate cereja.

Tabela Nutricional

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Valores NutricionaisQuantidade
Calorias15 kcal
Proteína1,1g
Carboidratos3,1g
Lipídios0,2g
Colesterol-
Fibra Alimentar1,2g
Cinzas0,5g
Cálcio7mg
Magnésio11mg
Manganês0,07mg
Fósforo20mg
Ferro0,2mg

Plantar tomates em casa é mais saudável

Optar por uma horta em casa pode ser uma opção melhor, de acordo com a nutricionista Roberta Thawana. Isso porque, plantando em casa, você estará produzindo um alimento orgânico e evitando agrotóxicos na sua alimentação. Ela explica como plantar tomates cereja em casa, com facilidade:

Como plantar tomate em vasos

  • Plante a muda ou as sementes do tomate cereja em um vaso médio, com terra vegetal orgânica
  • Coloque num local que ele receba iluminação direta do sol
  • Regue 4 vezes durante a semana, mantendo o solo sempre úmido
  • Para afastar fungos, espirre, de vez em quando, spray de bicarbonato de sódio

A colheita se dá em torno de 6 a 8 semanas depois do plantio.

Como fazer molho de tomate caseiro

Os molhos de tomate são tão saudáveis quanto os próprios tomates, pois eles contêm as mesmas características, pouco reduzidas pelo processo de cozimento entre outros.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Receita de molho de tomate caseiro

Ingredientes

  • 3kg de tomates orgânicos bem maduros
  • 1 cebola picada
  • 1 fio de azeite de oliva extra virgem
  • Água
  • 1/2 colher de sopa de açúcar demerara ou mascavo

Modo de preparo


Para fazer o molho caseiro, corte os tomates em pedaços médios. Insira dentro do liquidificador com casca e com a água. Depois, leve a frite a cebola no azeite, adicionando o sal verde e o tomate batido. Depois, acrescente o açúcar.

Deixe refogar por 45 minutos em fogo baixo (com a panela entreaberta), movimentando o conteúdo uma vez ou outro e o molho estará de pronto para consumo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Molho de tomate na comida faz mal?

No mercado, a maior diferença dos molhos de tomate é a concentração da fruta existente em cada um. Por exemplo: o molho já está pronto e temperado para utilização, já o extrato de tomate deve ser diluído, pois há uma concentração maior de tomates lá dentro.

No entanto, nesses molhos de tomate industrializados, deve-se atentar à quantidade de sódio, gordura, conservantes, amido modificado, extrato de levedura e glutamato monossódico. "Evite valores altos dessas substâncias para sua dieta ser mais saudável", afirma a especialista Isabella Marin.

Segundo a nutricionista Isabella Marin, muitas vezes o problema de pratos que levam molho de tomate não o molho em si. "A massa konjac pode ser uma excelente alternativa para quem está de dieta, pois ele tem muitos benefícios e ainda por cima tem muitíssimo menos calorias".

Receitas com tomate

Receita de macarrão konjac e dicas da Tatá Fersoza

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Torta de ricota com tomate seco e alho-poró

Referências

Isabella Marin - Nutricionista

Roberta Thawana - Nutricionista