7 pecados que põem à prova a vaidade masculina

Usar boné o dia todo e fazer a barba sem produtos específicos não é recomendado

POR REDAÇÃO - ATUALIZADO EM 29/02/2012

Você sabe descrever uma esfoliação, conhece os detalhes de cada variedade de cera, mas continua usando a mesma meia mais de uma vez, faz a barba com o sabonete que encontra na pia e por aí segue a lista do desleixo. Pode disfarçar a leitura para ninguém descobrir esse seu lado bem pouco lisonjeiro. Só não vale negar, porque a gente contou com a colaboração de um time discreto e muito competente de espiãs, que revelaram ao Minha Vida quais os pecados masculinos mais frequentes quanto à beleza. Descubra, então, os prejuízos estão por trás desses maus hábitos diários e aprenda como corrigi-los com as dicas de uma especialista internacional em tratamentos masculinos. A seguir, a fisioterapeuta Andréa Machado, gerente do Thalasso Spa da Praia do Forte (Bahia), confirma as informações descobertas pelas nossas agentes infiltradas e fala tudo o que você deve fazer para se tornar um homem irresistível de verdade.

Pecado 1: Passar a vida com o boné na cabeça

Ele pode até ter sido inventado para proteger você do sol, mas hoje em dia ninguém se lembra disso. Alguns homens têm até a marca redonda na cabeça e o cabelo amassado por causa do acessório. Muitos lavam os cabelos e já colocam o boné, sem esperar os fios secarem , afirma a fisioterapeuta do Thalasso Spa.

O que há de mau nisso? Simples: a oleosidade dos fios dispara, surge a caspa e, em certos casos, até calvície. Pode ocorrer a obstrução do folículo piloso, impedindo o cabelo de nascer ou crescer. Já o restante dos fios enfraquece e quebra facilmente , explica Andréa. A solução para o problema inclui a óbvia aposentadoria temporária dos bonés, um xampu anti-caspa e o abandono do condicionador, pelo menos até a caspa a acabar. Se nada disso resolver, o jeito é consultar um dermatologista. Para prevenir? Simples: espere o cabelo secar antes de esconder o coitado sob o seu tapa-sol preferido.