Pele oleosa resulta em acnes, cravos e espinhas

Conheça algumas características que identificam a oleosidade em excesso

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 14/09/2010

Dr. Anderson Zei Damasceno
Ginecologia e Obstetrícia - CRM 58266/SP

Normalmente a pele oleosa é aquela que apresenta um aspecto brilhante devido a hiper produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Alguns aspectos tornam a textura da pele oleosa grosseira, como orifícios dos folículos pilosos (pêlos) e os poros dilatados, secreções sebáceas e sudoríparas abundantes, superfície cutânea untuosa e úmida.

As consequências ultrapassam largamente o simples ponto de vista estético, já que o excesso de produção glandular muitas vezes conduz à hiperqueratinização, que leva a formação de micro cravos pela oclusão do orifício pilo sebáceo. Estes micro cravos são os locais preferidos para o desenvolvimento acelerado da flora bacteriana, que através da liberação de uma enzima chamada lípase, vai digerir este sebo (os triglicerídeos), transformando-os prematuramente em ácidos graxos livres, formadores de reações inflamatórias, e posteriormente acne em seus diversos graus.

PUBLICIDADE

Tendência ao aparecimento de cravos e espinhas, brilho excessivo, envelhecimento retardado também são características marcantes da pele oleosa. Além disso, apresenta marcas de expressões grossas, linhas profundas, alta reação aos cosméticos habituais e a peelings. Confira alguns cuidados para combater a oleosidade da pele:

  • Evite usar hidratantes nas áreas de maior oleosidade, eles raramente são necessários. Mesmo que a pele pareça ressecada logo após o banho, não se preocupe, em pouco tempo a oleosidade natural vai retornar
  • Procure não lavar a face com água quente, pois isso estimula a produção de mais oleosidade
  • Tente não lavar seu rosto varias vezes ao dia. Esta prática estimulará mais a produção do sebo, tornando sua pele cada vez mais oleosa. Lavar o rosto duas vezes ao dia já é suficiente
  • Beba bastante água e coma frutas, legumes e verduras
  • Só use filtros solares ou cosméticos com o rótulo oil free (sem óleo), ou aquele recomendado por seu médico.
  • Evite bebidas alcoólicas e tudo que for muito calórico
  • Se, além de oleosa, a pele descama, fica avermelhada ou com coceira, procure um dermatologista, você pode estar com dermatite seborréica. Neste caso somente um especialista poderá prescrever medicações específicas.