Novas toxinas e aparelhos para tratar rugas e flacidez

Uso de novos preenchedores faciais e lasers na dermatologia estética

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 13/12/2010

Dr. Anderson Zei Damasceno
Ginecologia e Obstetrícia - CRM 58266/SP

A cada encontro de estética e Dermatologia, a história sempre se repete: de um lado estudos consagram técnicas já existentes, de outro surgem tratamentos revolucionários. Saiba o que hoje e consagrado pelo seu uso com sucesso de resultados nos consultórios.

Rugas

Para o combate as rugas, temos três grandes grupos de tratamentos:

1- Toxina Botulínica (Botox, Dysport e Prosigne)

Já falamos em outros artigos sobre a toxina, mas vale a pena falar aqui que, ainda hoje, a toxina é uma grande arma no combate as rugas e que duas novas marcas estão entrando no mercado, o Syax e o Xeomin, que são duas toxinas de origem Coreana e Alemã respectivamente. A escolha da toxina botulínica dependerá da facilidade de manipulação por parte de seu médico com relação a resultados, custo da medicação e durabilidade da mesma, as novas opções serão bem vindas, entretanto, é difícil a troca de uma marca adaptada pelo médico que tenha bons resultados com uma das toxinas já consagradas.

2- Preenchedores

As novidades que temos a respeito dos preenchedores são muitas, que vão desde o uso em novas técnicas do newplastic até os preenchimentos a base de Hidroxiapatita. O polimetilmetacrilato o tão famoso PMMA - Newplastic, é um implante definitivo, valendo a pena dizer que é uma medicação confiável e de resultados excelentes desde que realizado por profissional gabaritado.

O preenchimento Radiesse, a Hidroxiapatita de Cálcio, já está liberado para o uso no Brasil. Ele promete ter sua durabilidade aumentada e assim o faz. Ela varia de um ano e dois meses até dois anos. Os que já têm experiência com a medicação sabem que com uma quantidade muito menor do produto trabalha-se áreas maiores, fazendo ter custo benefício muito melhor. A medicação pode ser aplicada em diversas áreas, podendo-se tratar o bigode Chinês, contornos labiais, bochechas, sulcos nasogenianos, com o mínimo de reação após a aplicação. Este preenchimento está nas grandes revistas, pois Madona foi uma de suas usuárias.

Restylane Vital, o consagrado ácido hialurônico ainda é de excelência entre os preenchimentos, graças a sua eficácia e segurança. Porém, não é definitivo e tem sua durabilidade de seis a 14 meses. Esta nova versão, o Restylane Vital, já está disponível para uso no Brasil, tem sua estrutura mais leve do que a original, sendo um achado para quem tem peles mais finas, motivo que traria um resultado artificial com outros produtos. Promete ainda ser um grande hidratante e estimular um novo colágeno. Tem que ser feito em algumas sessões.

Elevess, previsto para chegar ao Brasil, é também um ácido hialurônico desenvolvido pela Galderma. E um ácido que possui em sua formulação partículas maiores e em maior quantidade por mililitro, prometendo então dar maior volume aos lábios e preenchimento das rugas. Alguns trabalhos dizem que os resultados são 30% mais duradouros.

PUBLICIDADE
A escolha da toxina botulínica dependerá da facilidade de manipulação por parte de seu médico com relação a resultados, custo da medicação e durabilidade da mesma

3- Aparelhos

A grande novidade em termos de aparelhos para o tratamento das rugas é o Pearl e recentemente foi lançada sua nova versão em um congresso, em São Francisco, o Pearl Fracionado. Já usado no Brasil, aparelho da empresa Cutera norte americana, é um aparelho de laser fracionado que trata não apenas rugas, mas também flacidez e cicatrizes. Tem ação térmica, remove parte da epiderme, estimulando o colágeno. Embora exista a necessidade do uso de pomada anestésica, tem suas vantagens sobre os outros lasers e sobre a cirurgia plástica: não deixa cicatrizes, dispensa cortes e sua recuperação é muito rápida. O local fica com crostas de quatro a cinco dias e com inchaço que regride em dois dias.Quem já testou aprova o seu visível resultado. Há necessidade de realização de uma a três sessões e alguns pacientes se contentam com uma sessão.

Flacidez Facial

Felizmente, hoje já temos opções consagradas para o tratamento da flacidez, corrigida somente pela cirurgia. Mas, e para aqueles que não têm condições para realizá-la ou para quem não quer fazer a cirurgia? Hoje já temos excelentes opções e de resultados muito bons.

1- Titan

Aparelho da empresa norte americana, e também já está presente no cotidiano das clínicas conceituadas aqui no Brasil. É um aparelho de raios infravermelhos que aquecem a derme e contraem as fibras de colágeno do local, promovendo o estímulo de um colágeno novo em até seis meses da aplicação. Não há agressão da pele, nem descamação. São necessárias três aplicações e logo na primeira sessão já se nota uma melhora na flacidez e textura da pele (lifting imediato). 30% dos pacientes pode não perceber este efeito imediato mas o perceberão quando um novo colágeno for formado.

2- Tightskin

TightSkin é um laser de alta tecnologia que atua na derme. Usa a tecnologia Alemã porém sua fabricação é nacional. Indicado para rejuvenescimento faciale também das mãos e do colo. Torna sua pele mais bonita, com mais brilho e suavidade. Tem excelentes resultados contra a flacidez, promovendo a contração de colágeno de maneira uniforme. Dependendo do tipo e tonalidade da pele, necessitará de oito a 12 sessões, que podem ser realizadas uma ou duas por semana. A durabilidade do tratamento é de seis meses a um ano, podendo ser otimizada se você estiver seguindo os conselhos e orientações de seu médico.

3- Ácido Polilático

Consagrado por melhorar o contorno do rosto, eliminar as rugas finas e apagar as cicatrizes de acne (são alguns dos benefícios que você pode ter com os produtos preenchedores) acrescentando volume e nivelando a pele.

Trata-se de um produto injetável à base de ácido poliláctico (não causa alergia) que reage com a própria pele e promove a revitalização do rosto e do pescoço, diminuindo a flacidez.

Para um bom resultado são necessárias três sessões com intervalo médio de um mês. A pele menos flácida pode ter intervalo por um período de dois anos.