Transpiração excessiva pode ser doença e precisa ser investigada

A dermatologista Tatiana Gabbi tira dúvidas sobre o tema e orienta sobre os tratamentos

POR REDAÇÃO - ATUALIZADO EM 17/10/2016

O Brasil é um país tropical e é natural que nos incomodemos com o suor. Porém, quando ele se torna excessivo e atrapalha o dia a dia, ele pode ser uma doença chamada hiperidrose, que merece atenção de um dermatologista.

PUBLICIDADE

Para tirar as dúvidas dos nossos leitores sobre o assunto, o Minha Vida ao Vivo abordou esse tema e pediu para a dermatologista Tatiana Gabbi, médica assistente do Departamento de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, nos explicar melhor o que esse problema inclui. Depois, a conversa continuou em um chat, com perguntas dos internautas.

Se você perdeu, confira o vídeo abaixo e também os melhores momentos do chat.

Minha Vida ao Vivo: Transpiração Exessiva

Eliane: Esse problema é hereditário ou depende do organismo? Tem cura ou dá para amenizar?

Tatiana Gabbi: É preciso analisar o seu problema para saber qual a causa real. Existe o suor excessivo que é secundário, causado por outras doenças, e também existe o suor excessivo que é hereditário. Só durante uma consulta dermatológica você saberá qual a causa e tratamento apropriado para a sua transpiração.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Jorge: Além de o suor ser excessivo, ele ainda mancha todas as minhas camisas. Como resolver tal problema?

Tatiana Gabbi: Isso ocorre pela presença de bactérias que alteram a coloração do suor. O ideal é procurar um dermatologista para fazer o tratamento adequado.

Ana Paula: Transpiro muito, principalmente depois do almoço. Isso demonstra algum problema de saúde?

Tatiana Gabbi: É importante você procurar um médico clínico geral para descobrir a causa dessa transpiração após o almoço. Pode estar relacionado com a alimentação, mas se for muito recorrente o ideal é fazer a investigação.

Roseane: É verdade que os desodorantes 24 horas pode levar a mulher ter câncer de mama proveniente das glândulas deixarem de respirarem?

Tatiana Gabbi: Não, isso não é verdade, apesar de ser uma lenda muito difundida. Não há nenhum estudo científico que comprove a relação entre uso de desodorante e câncer de mama.

Mônica: Transpiração excessiva tem relação com a alimentação?

Tatiana Gabbi: Em geral não, porém algumas substâncias são termogênicas, como a pimenta e o café, e podem sim levar ao excesso de transpiração.

Denilce Dionizio: Por que durante a prática de exercícios algumas pessoas transpiram muito e outras não sendo isso na mesma atividade?

Tatiana Gabbi: Isso tem características individuais, mas tem muito a ver com a elevação da temperatura corpórea e por isso algumas pessoas transpiram mais do que outras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Lyara Barros: Por que quando uso o desodorante por algum tempo, dois ou três frascos, eles não fazem mais efeito?

Tatiana Gabbi: No começo do tratamento você sente um resultado maior, mas depois você chega no máximo do que o desodorante pode te ajudar, você entra em um platô. Nesses casos, você pode consultar seu dermatologista para conversar sobre um tratamento além do desodorante.

Elisangela: Com o suor excessivo o que fazer para ficar longe de micoses?

Tatiana Gabbi: O ideal é fazer o tratamento para diminuir a umidade do local. O fato de estar quente e úmido facilita proliferação dos fungos. Procure um dermatologista, que irá indicar o melhor tratamento para o seu problema.

Angra Fonseca: Porque depois da minha gestação (meu filho esta com 6 meses) eu tranpiro muito mais. Fico com mau cheiro nas axilas e também entre os seios. O que fazer?

Tatiana Gabbi: Pode ter associação com a gravidez, principalmente se houve ganho de peso excessivo durante a gestação, mas é melhor procurar um dermatologista.

Gildemara: Tenho transpiração excessiva na cabeça, não posso escovar meu cabelo pois o calor que sinto meu cabelo fica todo molhado. Existe tratamento?

Tatiana Gabbi: Existe, o melhor tratamento para isso é com toxina botulínica associado ou não à medicação oral, mas é preciso excluir causas secundárias.

Bianca Lino: Remédios para depressão ou a própria depressão dão cheiro forte no suor?

Tatiana Gabbi: São medicações que aumentam a respiração e com isso facilitam a proliferação de bactérias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Selma Siviero Jose: A transpiração excessiva pode ter relação com a menopausa?

Tatiana Gabbi: Tem tudo a ver, na menopausa existe um distúrbio vasomotor que você tem alteração do centro de regulação do calor, com ondas de calor e suor que surgem inexplicavelmente.

Wilson: Podemos afirmar que com a transpiração perdemos massa?

Tatiana Gabbi: Não, na transpiração nós perdemos água e alguns sais minerais. Pode até ser que ocorra uma diminuição do peso após suar muito, mas isso é decorrência da perda de água.

Anselmo Mineo Matheus: Nas aplicações tópicas de Toxina Botulínica pode acontecer do fluxo interrompido migrar?

Tatiana Gabbi: É um método bem eficiente. Em geral não há esse risco, na aplicação de toxina fazemos em uma área reduzida.

Daniele: É verdade que limão acaba com o mau cheiro?

Tatiana Gabbi: Não é verdade e a exposição da pele com limão ao sol pode causar manchas.