Como tirar verrugas: entenda o tratamento indicado para esse tipo de problema

O ideal é tratar-se com um dermatologista, que poderá distinguir se a verruga é comum ou alguma lesão maligna

ARTIGO DE ESPECIALISTA - ATUALIZADO EM 30/09/2016

Dra. Denise Steiner
Dermatologia - CRM 36505/SP
especialista minha vida

As lesões de verrugascomuns são arredondadas únicas ou múltiplas e formam placas que podem ser mais difíceis de distinguir de outras lesões. A lesão de verruga comum, em geral, é menor, cor da pele, sem ulceração ou crosta. O diagnóstico diferencial mais difícil é com certos tipos de câncer de pele. Às vezes a verruga vulgar é confundida com calosidades que podem ocorrer principalmente nos pés.

PUBLICIDADE

Existem muitas lesões verrucosas que podem fazer diagnóstico diferencial com verrugas comuns. No entanto, há aspectos diferentes e significativos que diferenciam as mesmas. As micoses profundas como esporotricose e cromomicose são as mais comuns, embora verrucosas também misturem aspectos ulcerados e erosivos.

O médico dermatologista é o especialista mais indicado para o diagnóstico e tratamento das verrugas. Retirar a verruga em casa, sem o diagnóstico do médico é extremamente perigoso. O paciente leigo muitas vezes não terá condição de diferenciar a verruga de uma lesão cancerígena e pode se prejudicar. Há também o risco de queimaduras, que podem infecionar e virar cicatrizes. Às vezes a verruga sara sozinha e, por isso, as receitas caseiras são famosas, porém o ideal é procurar o médico e fazer o diagnóstico preciso.

Em geral, o primeiro passo para o tratamento é diagnosticar a verruga, que é uma lesão causada por vírus. Existem vários subtipos de vírus que causam a verruga e alguns deles podem ser cancerígenos. Sendo assim, verrugas na área genital devem ser investigadas em relação ao subtipo do vírus.

As crianças têm verrugas com muita frequência, mais do que os adultos. Mas, em geral, os subtipos dos vírus são benignos. As verrugas podem ser papulosas, planas, verrucosas e também vegetantes, como ocorre no caso do condiloma acuminado (lesão de verruga na área genital).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

O tratamento será relacionado ao tipo de verruga, ao local e também a idade do paciente. Os tratamentos são feitos no próprio consultório com anestesia local. Às vezes o número de tratamentos (aplicação de ácidos) é bastante grande.

As técnicas para retirada de verruga são inúmeras. Podemos fazer curetagem (raspagem) mais eletrocauterização ? ou apenas a eletrocauterização, dependendo da necessidade do paciente. Também são utilizados laseres, em especial o ablativo. Outro método utilizado é o nitrogênio líquido, que é uma queimadura pelo frio e que também elimina a verruga. Também existem técnicas com ácidos, usados no consultório, após a raspagem local. Infiltrações intralesionais com quimioterápicos como bleoxane e nutotrexate são boas opções também.