Rinoplastia: técnica permite aumento do dorso do nariz

O aumento do dorso é importante para quem teve algum trauma na região

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 30/06/2016

Dr. Marcelo Wulkan
Cirurgia Plástica - CRM 108732/SP
especialista minha vida

Sempre desejamos ter harmonia entre dorso e ponta do nariz, e muitas vezes a rinoplastia é uma aliada nesse desejo. Mas algumas pessoas podem ter a ponta do nariz muito mais pronunciada do que o dorso (região onde está o osso) e isso causa uma desproporção.

PUBLICIDADE

Hoje, cirurgias com enxertos de cartilagem do próprio paciente são usadas, e a região em que esse material é colhido é muito importante para a melhor adaptação. A novidade está no uso de cartilagem da costela que contém um tecido chamado pericôndrio, um material fibroso que fica acima da costela. Esse material se adere à parte óssea do dorso do nariz, grudando como um velcro. Depois, é preciso que o cirurgião plástico fazer um trabalho muito minucioso e detalhado nas bordas do enxerto do dorso para que o mesmo fique pouco palpável e visível.

Vantagens dessa nova técnica

A principal vantagem é que costela é uma região rica em cartilagem, portando poderá ser usada em outras necessidades. Além disso, esse tecido se adere melhor e traz um melhor resultado. Para se ter uma ideia, há um certo tempo usam-se cartilagem da orelha nessa região. Mas como esse tecido é curso e mais fraco estruturalmente, o nariz pode ficar mais distorcido ao longo dos anos.

Além disso, você usa um material que é do próprio paciente, sem riscos grandes de rejeição. Antigamente se usava muito o silicone nesse tipo de cirurgia plástica, mas como ele não é uma substância que faz parte do nosso corpo, o nariz pode acabar rejeitando-o e causar infecção. Mesmo assim, esse método ainda é bastante realizado em países da Ásia.

O que esperar do pós-operatório

O pós-operatório no nariz é praticamente indolor: pode sangrar um pouco, normalmente até o terceiro dia. O nariz vai inchar bastante nas primeiras semanas, mas é possível observar o aumento da projeção do dorso quase que imediatamente, apesar de não termos o refinamento da cirurgia de maneira rápida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

A área da costela, de onde tiramos a cartilagem, costuma incomodar por algumas semanas, mas é facilmente amenizada com uso de analgésicos prescritos pelo médico. Pode-se usar uma cola biológica na incisão pequena da costela de maneira que não é necessário retirar pontos após a cirurgia. Deve-se evitar trauma nasal por pelo menos seis semanas.

Será que eu tenho o dorso do nariz baixo?

O dorso do nariz baixo se caracteriza pelo aspecto achatado do nariz nos dois terços superiores, principalmente onde fica o osso nasal. Com isso, o aspecto fica sem projeção tanto na visão de frente como de perfil. O dorso baixo pode ser observado tanto em pacientes saudáveis de algumas etnias (como negros e asiáticos), pessoas com alguma sindrome (como alguns casos de síndrome de Down e Binder) ou pode ser uma característica decorrente de um trauma (como um soco forte no nariz, que pode afundá-lo).

Quando se tem um dorso do nariz baixo, dificilmente um aumento na ponta ficará bonito, pois vai resultar em desproporção entre essas duas partes do nariz. Em uma linguagem mais simples, o nariz ficaria com o aspecto de um tobogã. Por isso, alguns estudiosos dizem que a diferença entre dorso e ponta precisa ter quatro a seis milímitros para pacientes de pele fina e de oito a 14 mm para pacientes com pele grossa (como os asiáticos).