Toxina botulínica ganha novas aplicações estéticas

Além de diminuir as rugas, o tratamento afina o nariz e diminui o sorriso gengival

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 07/05/2008

A toxina botulínica usada desde 1992 como tratamento para as rugas de expressão ganha novas formas de aplicação com resultados mais naturais, evitando exageros. Segundo a dermatologista Carla Albuquerque, o efeito "cara de botox" virou coisa do passado.

Trata-se de um procedimento estético muito seguro desde que aplicado por médico especialista. Além de suas indicações mais do que


consagradas, como linhas de expressão da testa, entre as sobrancelhas e na lateral dos olhos ("pés de galinha"), a toxina está sendo usada com sucesso em novos pontos de aplicação:

* "Efeito Lifting": pontos que promovem um levantamento das regiões laterais do rosto. É indicada nos casos de perda de contorno facial e flacidez leve a moderada do pescoço. Na linha do osso mandibular, ocorre a inserção do plastima que é o músculo mais importante do pescoço.

As fibras desta importante musculatura estão misturadas com as fibras dos músculos da face, em especial com o abaixador do canto da boca. A contração do platisma promove o repuxamento para baixo da musculatura da face. Baseando-se nesta anatomia, foram introduzidos novos pontos na linha da mandíbula que relaxam a inserção do platisma neste osso e, portanto, evitam o repuxamento inferior da face. Desta maneira, há uma melhora no contorno facial. No entanto, vale ressaltar que esses pontos não substituem um lifting cirúrgico.

* Linhas do Sorriso: pequenas doses no músculo risório podem minimizar essas linhas que se formam na regiões laterais da face quando o paciente sorri.

* "Bunny Lines" ou "nariz de coelho": existem pontos que podem ser aplicados nessa região, proporcionando uma melhora das linhas que aparecem no nariz, principalmente durante o sorriso.

* Linhas em volta dos lábios ( código de barras"): alguns pontos podem ser aplicados em volta dos lábios para suavizar as linhas que surgem, principalmente nos fumantes. Esses pontos ajudam também a "everter" os lábios, dando a impressão que os mesmos aumentaram.

* Sorriso Gengival: um ponto de cada lado do nariz pode proporcionar uma melhora importante do sorriso gengival

Segundo a dermatologista Carla Albuquerque, a aplicação continuada da toxina botulínica a cada quatro ou seis meses (variando de pessoa para pessoa) previne que estas rugas se tornem mais profundas.

"A toxina botulínica tem também um efeito preventivo de rugas de expressão. Para algumas pessoas, pode parecer exagero aplicar em pessoas jovens, mas não é. Se a pessoa faz muita mímica facial, o relaxamento temporário dos músculos proporcionados pela toxina botulínica acabam diminuindo a movimentação muscular e, conseqüentemente, perde-se o hábito de contrair partes do rosto responsáveis pelas rugas dinâmicas (de expressão)", diz a médica, que é membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Como é feito o procedimento:

A diluição da substância é feita com soro fisiológico. Cerca de 20 minutos antes da aplicação, a região a ser tratada pode ser anestesiada com cremes específicos. A injeção é feita nos pontos predeterminados, de acordo com a avaliação individualizada do padrão de movimentação muscular do paciente.

O procedimento demora cerca de 15 minutos. A recuperação do paciente é imediata. A ação da toxina botulínica inicia-se após cerca de 48 horas da aplicação, atingindo o resultado máximo em até 14 dias. A duração desse resultado pode variar entre três a seis meses.

A técnica é contra-indicada para mulheres grávidas ou que estão amamentando e, ainda, pessoas que fazem uso de antibióticos aminoglicosídeos.





PUBLICIDADE