Enxergar o que Sol causa à pele faz você se proteger

Não aplicar protetor solar pode gerar câncer maligno, manchas e pintas, e enxergar isso causa impacto positivo no cuidado com o sol, diz pesquisa

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 21/08/2019

Por ser considerado um item exclusivo para dias de praia e verão, em tempos de inverno e céu nublado, o protetor solar é esquecido na gaveta. Um estudo realizado pelas Universidades Brigham Young e de Utah, nos Estados Unidos, mostrou que as pessoas se sentem mais impactadas pelos danos causados pelo sol na pele ao verem as imagens do prejuízo com seus próprios olhos.

PUBLICIDADE

O professor Kevin John, em conjunto com demais membros da Universidade Brigham Young, observaram que é possível causar uma motivação maior na população a respeito do uso diário de protetor solar com a divulgação de imagens que mostram os efeitos causados pelo sol na pele desprotegida, assim como fotos que exibem o resultado da remoção de pintas cancerígenas na pele.

Foto: BYU
Enxergar o que Sol causa à pele faz você se proteger

As imagens tiradas com tecnologia ultravioleta apresentadas pelos professores de Utah causaram um grande impacto nos pacientes que participaram do estudo, que deram um maior senso de urgência para a importância do cuidado da pele.

"À primeira vista, parece com uma imagem em preto e branco", conta Kevin em entrevista a KSL. "Mas se você olhar mais de perto, irá notar os poros do rosto em meio a luz brilhante e os danos causados pelo sol aparecem como pontos escuros" completa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Perigos do câncer de pele

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o câncer de pele representa 33% de todos os diagnósticos de câncer no país, com um aumento anual de 180 mil novos casos.

Países como os Estados Unidos estão sofrendo a chamada "epidemia de melanoma", um tumor maligno com o poder de invadir qualquer órgão. "Em 1930, as chances de desenvolver melanoma eram 1 em 1.500. Hoje, as chances são 1 em 55. Isso é algo sério" afirma Kevin.

Como evitar câncer de pele

Sendo desenvolvido e aprimorado desde 2012, o aplicativo Skinvision é uma das ferramentas disponíveis para o controle da saúde da pele, ajudando a identificar possíveis melanomas. Além da aplicação diária de protetor solar, é muito importante evitar a exposição ao sol entre os horários de risco, que vai das 10h às 16h da tarde, assim como consultas frequentes ao dermatologista.

Protetor solar: que quantidade usar?

A quantidade correta pode variar de acordo com a idade e tamanho de cada um. Em média, é necessário 25-30 gramas por aplicação em uma pessoa adulta.

  • 1 colher de chá para a face, pescoço e cabeça (em casos de calvície) - ou o equivalente ao tamanho de uma ervilha para o rosto somente
  • 1 colher de chá para cada braço, dorso, tórax e abdômen
  • 2 colheres de chá para cada perna.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Entenda mais sobre a importância do protetor solar

Protetor solar: como escolher o tipo ideal e quando usar

Como criar o hábito de passar o protetor solar? Aprenda

Veja 7 protetores solares mais buscados na internet