Modelo americana aplica botox nas axilas: conheça o tratamento

A apresentadora Chrissy Teigen recentemente surpreendeu seus seguidores ao compartilhar vídeo aplicando botox nas suas axilas, para tratar sua hiperidrose

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 29/08/2019

O excesso de suor pode ser motivo de constrangimento para muitas pessoas, podendo gerar problemas em relacionamentos interpessoais. Porém, essa condição é mais comum do que se imagina, e pode ser chamada de hiperidrose. Recentemente, até a modelo e apresentadora norte-americana Chrissy Teigen revelou que tem a doença e compartilhou um vídeo aplicando botox em suas axilas.

PUBLICIDADE

A esposa do cantor John Legend resolveu postar esse momento no Instagram e surpreendeu seus seguidores ao mostrar que qualquer um pode passar por isso. Ela ainda compartilhou as vantagens da aplicação de toxina botulínica para o tratamento de hiperidrose."Foi verdadeiramente a melhor coisa que fiz. Posso usar seda novamente sem ficar encharcada", publicou Chrissy.

O que é hiperidrose?

A hiperidrose é uma condição caracterizada pelo excesso de transpiração, causado pela hiperatividade das glândulas sudoríparas, principalmente nas axilas, mãos, face e pés.

Segundo o cirurgião torácico Antonio Malucelli, além dos problemas físicos, a pessoa que tem hiperidrose pode ficar com sérias complicações psicológicas. "Devido à vergonha causada pelo suor em excesso, o paciente começa a se excluir, chegando até a apresentar fobia social - um problema grave de relacionamento - e se isola de todas as situações de convívio".

A pesquisa sobre suor excessivo e seus efeitos, do Instituto IPSOS, mostrou que esse problema é comum entre muitos brasileiros: do total da população 10,7% diz apresentar suor excessivo e a axila é o local em que o suor está mais presente (43%).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Tratamento

Existem diversas opções de tratamento para hiperidrose axilar. Entre eles, desodorantes a base de alumínio, a cirurgia (simpatectomia) e a aplicação de toxina botulínica.

O tratamento da hiperidrose axilar com a toxina botulínica inicia-se com a aplicação de um creme anestésico na área a ser tratada, depois é feita a assepsia do local e aplicado o produto ponto a ponto, com distância de 1 a 2 cm entre eles. Porém, o cirurgião Antonio Malucelli alerta: "O botox dura apenas quatro meses. Depois desse período, voltam os sintomas. Somente a cirurgia apresenta resultados definitivos".

Tudo que você precisa saber sobre hiperidrose

Hiperidrose - A doença do suor em excesso

Suor excessivo e mau cheiro nas axilas são incômodos que podem ser evitados

Hiperidrose axilar pode ser tratada com toxina botulínica

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)