Você está pronto para uma abdominoplastia?

Cirurgia corrige flacidez no abdômen, mas não é indicada para quem está muito acima do peso

POR LETÍCIA GONÇALVES - PUBLICADO EM 24/02/2012

A redução do abdômen e o afinamento da cintura com cirurgia parece ser a salvação de quem quer acabar com todo o excesso de barriga de uma só vez, mas não é bem assim. Primeiro porque não existe mágica: "O paciente, além de estar em boas condições de saúde (o que nem sempre acontece em casos de sobrepeso), precisa se comprometer a adotar uma série de cuidados no pré e pós-operatórios para garantir bons resultados", afirma o cirurgião plástico Alan Landecker, colaborador do Plastic Surgery Education Network (PSEN), site da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica. Como toda cirurgia plástica, a abdominoplastia apresenta riscos e nem todos eles são conhecidos. Para esclarecer melhor essa técnica e não deixar você refém de falsas promessas, o Minha Vida foi atrás de cinco especialistas, todos da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Faça o teste e tire todas as suas dúvidas.

1/9

A abdominoplastia serve para quem quer emagrecer?

2/9

Para quem essa cirurgia costuma ser indicada?

3/9

Qual é o único caso em que uma pessoa muito acima do peso pode fazer a cirurgia?

4/9

Como é a cicatriz?

5/9

O que acontece com o umbigo na cirurgia?

6/9

Quais destes problemas é um risco da abdominoplastia?

7/9

Qual é o resultado alcançado com a cirurgia?

8/9

No pós-operatório, quanto tempo a pessoa precisa ficar em repouso?

9/9

Mulheres que fazem a cirurgia podem engravidar depois?