Óleo de argan: você sabe como usar?

Também chamado de Morrocan oil, o óleo pode danificar o cabelo se mal usado

POR MANUELA PAGAN - ATUALIZADO EM 09/11/2015

Lidar com cabelo ressecado dá trabalho e até desanima - no dia a dia, muitas mulheres preferem manter os fios presos a ter de ficar dando explicações sobre os produtos que usa ou tratamentos que já experimentou, sem sucesso. Se você não aguenta mais os elásticos ou os coques, tem no óleo de argan uma esperança: extraído de uma árvore que cresce na região sudoeste do Marrocos (por isso, também conhecido como Morrocan oil), o produto tem na composição 80% de gorduras insaturadas. "Isso faz do óleo de argan um ótimo lubrificante e emoliente", afirma o médico tricologista Luciano Giovanni Barsanti, presidente da Sociedade Brasileira de Tricologia. Isso quer dizer que o óleo restaura a hidratação natural do cabelo, além de dar lubrificação extra aos fios - assim eles se recuperam mais rapidamente.

Mas os resultados positivos dependem de alguns cuidados tanto na forma quanto na quantidade de aplicação do óleo de argan. Faça o teste e veja se você está por dentro das recomendações indicadas pelos profissionais.

1/10

O óleo de argan é indicado para quem tem cabelo oleoso?

2/10

Para que tipos de cabelos o óleo de argan é mais indicado?

3/10

O óleo de argan trata o cabelo ou apenas melhora o aspecto dos fios?

4/10

Como deve ser aplicado o óleo de argan?

5/10

Qual é a melhor forma de aplicação?

6/10

É indicado usar o óleo de argan antes da chapinha?

7/10

E antes do secador, pode usar?

8/10

É indicado adicioná-lo à tintura ou ao xampu?

9/10

Quais marcas são mais indicadas?

10/10

Os xampus que têm óleo de argan na composição são eficientes?