Óleo de rosa mosqueta: para que serve, benefícios e como usar

O óleo de rosa mosqueta atenua estrias, manchas na pele e previne o envelhecimento; saiba como

O que é óleo de rosa mosqueta?

O óleo de rosa mosqueta é uma solução extraída de uma planta ornamental que oferece diversos benefícios terapêuticos para a pele.

PUBLICIDADE

A rosa mosqueta ou rosa rubiginosa, como é chamada cientificamente, é de origem oriental e nasce em clima frio e chuvoso. A extração do óleo é feita com auxílio de uma prensa e sua composição é rica em ácidos graxos insaturados como: ácido oléico, linoleico e linolênico. Possui também vitamina A e C.

"Pode ser apresentado em graus variáveis de pureza e misturado a outros ativos", ressalta a dermatologista Sylvia Ypiranga, Assessora do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).


Outros nomes: Rosa canina L e Óleo de Rosa Canina.

Para que serve

Por ser um óleo rico em ácidos e vitaminas essenciais para a pele, sua ação anti-inflamatória, antioxidante e hidratante são elementos que beneficiam a barreira lipídica do corpo e rosto, principalmente quando se trata de peles ressecadas, promovendo uma ação regeneradora e cicatrizante. Confira no próximo tópico os principais benefícios desse poderoso óleo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Benefícios

Prevenção ou atenuação de estrias: as estrias são causadas quando as fibras elásticas e colágenas da pele são destruídas, isso geralmente acontece quando a pele é esticada em casos como a gravidez ou ganho de peso, por exemplo. Dessa forma, o óleo de rosa mosqueta pode ser usado como complemento no tratamento de estrias, auxiliando tecnologias como laser e microagulhamento.

De acordo com a dermatologista Simone Neri, o óleo de rosa mosqueta não elimina por completo estrias brancas - que são aquelas mais antigas -, mas ele é capaz de atenuar bastante o seu aspecto.

Já em estrias mais recentes - aquelas em fase avermelhada que ainda estão em processo inflamatório -, o óleo pode eliminá-las e prevenir o aparecimento de novas. Pode ser usado, inclusive, em barrigas de grávidas para evitar o surgimento de estrias nesta região.

Auxílio na recuperação de queimaduras e na cicatrização: estimula a renovação celular, diminuindo a inflamação, a fim de recuperar a pele queimada.

Eliminação ou atenuação de manchas na pele: devido a sua ação antioxidante, o óleo de rosa mosqueta pode ser associados a tratamentos específicos em casos de melasma, conforme explica a dermatologista Sylvia Ypiranga.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Além disso, como citado anteriormente, este óleo é capaz de melhorar a regeneração celular graças a sua composição, atenuando manchas na pele. "Sua ação anti-inflamatória também pode clarear manchas que tenham essa origem", pondera Simone.

Vale lembrar que o uso de protetor solar é indispensável e insubstituível quando falamos de prevenção de doenças e manchas na pele.

Prevenção do envelhecimento precoce: a vitamina C e a ação antioxidante presente no óleo de rosa mosqueta auxiliam na recuperação da barreira cutânea da pele, evitando assim o aparecimento de rugas e linhas de expressão antes do tempo.

Há cremes antienvelhecimento específicos para o contorno dos olhos, do rosto e também para as mãos que contém na fórmula o óleo de rosa mosqueta, estes podem ser associados ao FPS diário para prevenir o envelhecimento precoce.

Hidratação da pele: por último e não menos importante, o óleo de rosa mosqueta deixa a pele macia com seu alto teor de hidratação que penetra nas camadas da cútis proporcionando uma pele viçosa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Como usar

Aplique algumas gotas sobre o local da pele que deseja tratar e espalhe em movimentos circulares até notar que óleo foi completamente absorvido.

O produto pode ser aplicado no rosto e corpo. A dermatologista Sylvia recomenda a utilização do produto após o banho, que é quando a pele está limpa e necessita de hidratação, recebendo melhor o óleo.

Além disso, alguns especialistas também indicam o uso do óleo de rosa mosqueta para cabelos secos, podendo ser acrescentadas algumas gotas em cremes de hidratação para potencializar os efeitos.

Contraindicações

Não há contraindicação para o uso do óleo de rosa mosqueta puro, mas pode ser que eventualmente cause dermatite de contato, principalmente quando misturado a outros ativos e essências (fragrâncias). Além disso, se você tem pele muito oleosa, talvez não goste do toque "grudento" que o produto deixa no rosto e no corpo.

Dessa forma, o ideal é se consultar com um dermatologista para entender se o óleo será benéfico e se pode ser associado a outros tratamentos que você precisa para ter a pele que tanto deseja.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Onde encontro o óleo de rosa mosqueta?

Pode ser encontrado em farmácias e lojas de óleos essenciais. É importante ressaltar que é possível achar o óleo de rosa mosqueta puro ou misturado com outros produtos.

Confira 4 opções de produto:

  • The Ordinary
  • Herbarium
  • Trilogy
  • Epilê
  • Rugol.

Fontes

  • Dermatologista, Sylvia Ypiranga, Assessora do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)
  • Dermatologista, Simone Neri.