Hidroquinona: o que é, para que serve e preço

Substância é o principal tratamento contra manchas escuras e melasma na pele

Por LADO/Shutterstock
Por LADO/Shutterstock

A hidroquinona é uma substância usada na pele para clarear manchas escuras e melasma. O efeito despigmentante acontece, porque ela age bloqueando a produção de melanina, substância responsável pela pigmentação da pele.

PUBLICIDADE

Em nível biológico, a hidroquinona consegue inibir uma enzima chamada tirosinase, que transforma tirosina em melanina. Assim, a produção de melanina é interrompida na região em que a hidroquinona foi aplicada.

Além disso, a substância também aumenta a degradação da melanina e clareia as manchas já existentes.


"Seu potencial despigmentante foi descoberto na década de 50 e diversos estudos demonstraram baixo ou nenhum risco de malignidade e efeitos colaterais quando utilizada corretamente", explica a dermatologista Fabiana Seidl.

Para que serve

Por asiandelight/Shutterstock
Por asiandelight/Shutterstock

A hidroquinona é um medicamento usado para causar a despigmentação das manchas. "A substância é o mais potente clareador do mundo, principalmente se usada conjugadamente com outras substâncias tópicas, como retinóides e corticosteróides", define o dermatologista Cristiano Kakihara.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Benefícios

Os benefícios da hidroquinona são:

Tipos de hidroquinona

A hidroquinona é apresentada de diversas formas, como:

  • Pomada
  • Creme
  • Gel
  • Sérum
  • Solução

Hidroquinona em cosméticos

Há alguns anos, a hidroquinona era utilizada em cosméticos. No entanto, foram descobertas reações adversas causadas pelo uso indiscriminado do produto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

"Por ser agressiva e poder levar a efeitos colaterais, o mercado tem proibido seu uso em cosméticos e permitindo apenas com prescrição médica", explica Denise Steiner.

Como usar a hidroquinona

Usar hidroquinona em concentrações muito altas ou por muito tempo é um fator que aumenta as chances de desenvolver reações adversas. Por isso, a substância deve ser utilizada da seguinte forma:

  • Concentração: até 5%
  • Tempo: até 4 meses

"Depois, deve-se manter um tratamento de manutenção, com outros tipos de clareadores. Essa etapa de manutenção é importantíssima para que não ocorra efeito rebote e a mancha volte a escurecer", alerta a dermatologista Fabiana.

Além disso, o tratamento com hidroquinona deve ser acompanhado por uma alta proteção solar, devido ao efeito irritante e fotossensível da substância. Por isso, junto com ela, deve-se utilizar um protetor solar com FPS 50, no mínimo. Óculos e chapéus com filtro UV também são recomendados.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Como não usar a hidroquinona

Por Ternavskaia Olga Alibec/Shutterstock
Por Ternavskaia Olga Alibec/Shutterstock

Existe uma série de cuidados a se tomar para que a hidroquinona não cause efeitos colaterais. Por isso, é importante seguir alguns cuidados com o tratamento, tais quais:

  • Usar proteção solar
  • Evitar exposição do local da mancha ao Sol
  • Não usar substâncias que podem aumentar a absorção dérmica da hidroquinona, como o resorcinol
  • Não aplicar em grandes áreas corporais
  • Não usar em áreas sensíveis, como axila e virilha
  • Sempre seguir a prescrição médica, respeitando tempo e concentração de uso

"A hidroquinona não deve ser utilizada em grandes áreas do corpo e não deve entrar em contato com os olhos. Também não deve ser usada na pele irritada e na presença de queimaduras solares", reforça a dermatologista Mônica Fialho

Efeitos colaterais da hidroquinona

A hidroquinona é uma substância com efeito muito potente e, por isso, nociva à pele se usada sem prescrição, em grandes concentrações ou por muito tempo. As reações adversas incluem:

  • Irritação da pele
  • Dermatite de contato
  • Piora da mancha (efeito rebote)
  • Manchas esbranquiçadas por despigmentação
  • Ocronose (descoloração azul-esbranquiçada)
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Quem não pode usar a hidroquinona

Por seu alto potencial de efeitos colaterais, a hidroquinona não deve ser usada nos seguintes grupos:

  • Grávidas
  • Lactantes (mulheres que estão amamentando)
  • Crianças

Além disso, Fabiana alerta que o uso de hidroquinona na pele negra deve ser feito com cautela, pois há maior risco de reações adversas.

Hidroquinona: preço

A pomada de hidroquinona, com 30 gramas, pode ser encontrada a partir de R$ 25 em farmácias online.

  • Fabiana Seidl, médica dermatologista (CRM RJ 5287852-9), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica
  • Cristiano Kakihara, médico dermatologista (CRM SP 113216), especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira
  • Denise Steiner, médica dermatologista (CRM SP 36505), conselheira da Sociedade Brasileira de Dermatologia
  • Mônica Fialho, médica dermatologista (CRM RJ 52732630), membro da Academia Americana de Dermatologia e diretora da clínica Barra Skin (Rio de Janeiro)
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)