Pele oleosa: o que é e como cuidar desse tipo de pele

Lavar o rosto muitas vezes ou lavar com água quente são algumas das causas mais comuns para o excesso de oleosidade na pele

POR BÁRBARA CORREA

O que é?

A pele oleosa é caracterizada por ser mais espessa, com um aspecto brilhante, devido à grande produção de sebo. Esses sinais aparecem especialmente na região da testa, nariz e queixo, onde há maior concentração de glândulas sebáceas.

Os poros geralmente são mais dilatados e a pele apresenta tendência à formação de acne, cravos e espinhas. Leia mais sobre todos os tipos de pele.

PUBLICIDADE

Causas

Existem diversos fatores que podem causar produção excessiva de oleosidade na pele. Segundo o dermatologista Franklin Verissimo Oliveira, as principais causas são:

  • Lavar o rosto muitas vezes ao dia
  • Usar um produto contraindicado para a pele oleosa
  • Usar água quente para lavar o rosto
  • Não hidratar corretamente a pele
  • Ficar exposto a poluição
  • Comer alimentos gordurosos (frituras, chocolates com baixo teor de cacau, amendoins, etc)
  • Consumir carboidratos excessivamente (alimentos ricos em farinha branca e açúcar)
  • Fumar
  • Usar anabolizantes
  • Ter desequilíbrios hormonais
  • Estressar-se
  • Expor-se ao sol excessivamente

Cuidados

"Para uma pele saudável, as etapas básicas de tratamento como a limpeza, hidratação e fotoproteção devem ser seguidas de acordo com o tipo de pele", afirma Lais Leonor, dermatologista da clínica Dr André Braz.

Para saber o produto ideal para sua pele é importante consultar um dermatologista. No entanto, pensando na rotina de cuidados gerais para peles oleosas, a dermatologista listou o passo a passo que deve ser feito duas vezes ao dia:

Pela manhã

1.Limpar a pele com sabonete acneico ou anti oleosidade
2.Tonificá-la para refrescar e estabelecer um pH natural
3.Aplicar ativos como vitamina C ou hidratantes no veículo sérum
4.Aplicar proteção solar. (Opte por filtro solar com toque seco e controle de oleosidade, mas prefira um produto indicado por dermatologista)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Pela noite

À noite, é indicado o uso de demaquilante seguido de produtos para regeneração noturna. É importante dar preferência para dermocosméticos no veículo sérum, que não pesam na pele e possuem rápida absorção.

Além disso, a dermatologista acrescenta que a esfoliação também é muito importante para peles oleosas.

"A esfoliação pelo menos uma vez por semana promove a renovação celular, pois ajuda a eliminar todas as impurezas da superfície da pele e evita o acúmulo de oleosidade e formação de cravos", completa Lais Leonor.

Veja como é uma rotina completa de skincare para pele oleosa.

Efeito rebote

O dermatologista Franklin enfatiza a importância da hidratação mesmo em peles oleosas."Se a região da pele está ressecada ou sensibilizada, um mecanismo natural de compensação é estimular a produção de sebo e gordura para tentar compensar a barreira de proteção da pele", conta ele.

Esse mecanismo chama-se efeito rebote, e é quando a pele produz mais gordura para tentar compensar o dano causado pela desidratação. E pode ser que esta seja a causa da pele oleosa.

Riscos de não cuidar da pele oleosa

O dermatologista Franklin Verissimo afirma que, além de a tendência à acne, o excesso de oleosidade pode levar a manchas, ferimentos e até a doenças como rosácea, dermatite seborreica e hiperplasia de glândulas sebáceas, que são mais comuns em peles oleosas.

Além disso, a dermatologista Laís Leonor cita outros problemas de pele causados pela oleosidade.

  • Coceira e irritação
  • Pontos pretos (cravos marcam o estágio inicial ou o tipo mais ameno da acne)
  • Espinhas (pontos brancos, arredondados, com uma área avermelhada em volta)
  • Pústulas (num estágio mais avançado da doença, aparecem protuberâncias com pus)
  • Abcessos (complicação mais grave das espinhas e pústulas)
  • Cicatrizes

Produtos para pele oleosa:

A cosmetóloga Sheila Belotti indicou alguns produtos que podem ser benéficos para esse tipo de pele:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
  • Sabonete Líquido Secatriz Salic, da Dermage
  • Tratamento para Acne Clinique Anti-Blemish Solutions Clinical Clearing Gel, da Clinique
  • Effaclar BB Blur Mousse, da La Roche-Posay
  • Solução Micelar Eau de Micellaire Ultra, da La Roche-Posay
  • Blemish + Age Defense, da Skin Ceuticals
  • Bio-Oil Control Gel Creme Seborregulador Noturno, da Bioage

No entanto, sempre consulte um dermatologista para saber se os produtos são mesmo adequados.

Fontes:

Franklin Verissimo Oliveira, dermatologista
Lais Leonor, dermatologista da clínica Dr André Braz
Sheila Belotti, cosmetóloga