Uso de lubrificantes, vibradores e outros acessórios sexuais podem trazer riscos à saúde

A vaselina, por exemplo, compromete eficácia da camisinha; conheça os cuidados

POR NATHALIE AYRES - ATUALIZADO EM 09/09/2016

Mais do que uma forma de reprodução, o sexo também é uma fonte de prazer. Por isso mesmo, há cada vez mais espaço para fantasias, e para brinquedos que apimentem a relação. "Portanto, qualquer item que estimule o aspecto lúdico é bem-vindo e considerado saudável", considera o ginecologista Jorge José Serapião, especialista em terapia sexual. Isso inclui os famosos acessórios que fazem o sucesso dos sex shops.


SAIBA MAIS: Pompoarismo: o que é, como praticar e benefícios


Porém, apesar de serem bem-vindos do ponto de vista do prazer, é preciso tomar cuidado ao comprar esse tipo de produto, para que a saúde íntima possa ser preservada. "Como o órgão sexual da mulher é um orifício e tem uma mucosa, são necessários cuidados com traumas e lesões. E no caso do homem, não é porque é mais simples que não devemos tomar cuidado: é preciso ficar atento ao tipo de material dos produtos e não deixar a empolgação se sobrepor à cautela", alerta o urologista Valter Javaroni.

Tendo isso em mente, mostramos quais os cuidados que é preciso ter com alguns desses acessórios sexuais, para garantir sexo prazeroso e divertido para homens e mulheres.

Preservativos diferentes e géis

Existem diversos preservativos com funções além de proteger os parceiros de doenças ou uma gravidez não planejada. Muitos têm sabor artificial ou com propriedades térmicas, causando mais calor ou frio com o atrito. Em ambos os casos, é importante sempre verificar a procedência do produto, já que ele terá contato com a boca ou com a genitália. "Sempre compre o produto em local confiável e de marca conhecida", assinala o urologista Valter Javaroni, membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia - Seccional Rio de Janeiro. Mesmo nesses casos, pode ser que haja alguma alergia, devido a sensibilidade do homem ou da mulher a esse produto, portanto, se você sentir alguma ardência ou desconforto, evite o uso. Os mesmos princípios ativos podem ser usados em géis, principalmente os que se esquentam um pouco, por isso cabe o mesmo cuidado quanto à procedência.

Uma dúvida comum é se a camisinha com sabor pode ser usada também na penetração. "Na maioria das vezes não causará algum dano, mas se você usar um de sabor de pimenta, isso pode ser desconfortável", ensina o ginecologista Serapião.