Supere o fim do relacionamento com essas dicas

Abrir espaço para o novo e se aproximar dos amigos é fundamental nesse momento

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 28/05/2012

Miriam Lopes de Barros
Psicologia - CRP 51153/SP

Chegar ao fim de um relacionamento amoroso e simplesmente virar a página não é fácil. Especialmente quando saímos machucadas e decepcionadas da relação. Após uma separação desse tipo, a primeira atitude para não adoecer é chorar, sofrer e lamentar a perda. Afinal, a separação não deixa de ser um luto. Luto no qual morre uma parte de nós, daquilo que fomos um dia para alguém e daquilo que alguém representou um dia para nós.

PUBLICIDADE

Quantos enganos cometemos em nome do "felizes para sempre?" Um deles é acreditar que cabe a nós mulheres, fazer a relação dar certo. Muitas de nós mutilamos a pessoa que somos e nos tornamos um "outro alguém", deixando de lado a nossa espontaneidade e seguindo um script que não foi escrito por nós.

Quando acontece o rompimento, só nos resta olhar para dentro de nós, procurar com muito carinho e dedicação aquela mulher do início da relação e ajudá-la a traçar um novo caminho, a efetuar novas escolhas. Algumas dicas e reflexões contribuem para o processo de virar a página e escrever uma nova história.

Abra espaço

Uma das atitudes mais importantes a ser tomada é desocupar espaços mal utilizados, retirando literalmente as coisas velhas, que não são mais úteis, e abrindo espaço para que as novidades cheguem. Pode tratar-se de objetos, fotos, papéis, cartas, roupas. Enfim, tudo aquilo que é guardado há tempo, mas não possui mais nenhuma serventia.

Essa atitude com os objetos nos ajuda também a efetuar uma limpeza na alma. Sobretudo, nos faz perceber que é possível decidir acerca do que desejamos que faça parte da nossa vida a partir de então e daquilo que não queremos mais. Nós temos esse direito.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Escolha bem as amizades

Outro ponto fundamental, mas muito delicado, é descobrir que muitos daqueles que conviviam conosco e os quais considerávamos nossos amigos se mostram distantes e insensíveis à nossa dor. Alguns fazem comentários que mais nos afundam do que nos ajudam a levantar.

Uma das atitudes mais importantes a ser tomada é desocupar espaços mal utilizados, retirando literalmente as coisas velhas, que não são mais úteis, e abrindo espaço para que as novidades cheguem.

Por isso, também é hora de escolher entre estar com pessoas que nos dizem palavras de amizade e de incentivo, e não mais conviver com pessoas que nos fazem sentir desencorajadas. Esse é um momento de reunir forças para nos levantarmos. Nenhuma força que nos empurre para baixo é bem-vinda.

Por falar em força, a busca de uma força espiritual nos ajuda a ter esperança, a caminhar de novo e a acreditar que tudo pode melhorar. A sensação de que não estamos sós e de que existe um poder superior que cuida de nós, nos dá conforto e segurança nos momentos mais difíceis.

Viva a vida

Por fim, algo para lembrarmos sempre: não devemos ser espectadores da vida do "ex". Não existe pior lugar do que esse. É fundamental nos centrarmos na nossa vida: sonhar, fazer planos, viajar, dançar, fazer programas diferentes. Isso, sim, energiza a nossa vida novamente.

Praticar tudo isso não é fácil. É para mulheres que conseguem, em meio a tudo isso, ser corajosas, guerreiras e inteligentes, e para as quais sempre existe um novo caminho a ser percorrido. É impossível não ter medo de errar e de se machucar. Mas devemos lembrar que o mais valioso da vida é aquilo que é conquistado, mesmo com medo e incertezas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Portanto, sempre é tempo de olhar para frente, virar a página e escrever uma nova história. Que tal começar agora?