Gianecchini já namorou homem e mulher: o que é ser bissexual

Ator assumiu já ter namorado pessoas de ambos os sexos e deixou algumas pessoas confusas com a revelação; entenda o que é ser bissexual

POR TATIANE GONSALES - PUBLICADO EM 30/09/2019

Na manhã do último domingo (29), Reynaldo Gianecchini assumiu ser bissexual em uma entrevista ao jornal O Globo. Foi a primeira vez que um galã de novelas brasileiras revelou que já teve relações amorosas não só com mulheres, mas também com homens.

PUBLICIDADE

"Já tive, sim, romance com homens e acho que esse é o momento de dizer isso", afirmou.

Juliana Paes e Reynaldo Gianecchini vivem os personagens Maria da Paz e Régis na novela
Juliana Paes e Reynaldo Gianecchini vivem os personagens Maria da Paz e Régis na novela "A Dona do Pedaço"

Atualmente, o ator dá vida ao personagem Régis em "A Dona do Pedaço", da TV Globo, e já foi protagonista de outras obras televisivas, como "Esperança", "Da Cor do Pecado" e "Laços de Família".

Sem rótulos

Apesar da declaração, Gianecchini disse que não se considera gay e tampouco julga adequado ser rotulado como homossexual ou heterossexual.

Eu reconheço todas as partes dentro de mim: o homem, a mulher, o gay, o hétero, o bissexual, a criança e o velho. [...] Querem te encaixar numa gaveta, e eu não consigo, porque a sexualidade é o canal da vida e a minha sexualidade não cabe numa gaveta.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

O artista sempre fez pares com mocinhas e vilãs em suas atuações, povoando o imaginário das mulheres. Em sua biografia "Giane - Vida, Arte e Luta" (2012), chegou a negar que tinha atração por homens.

Contudo, hoje, aos 46 anos, Reynaldo Gianecchini diz não temer mais a divulgação acerca de sua sexualidade; algo que sentia antes por medo da repressão e preconceito do público.

O desejo para mim não passa pelo gênero e nem pela idade. Demorei para falar porque isso esbarra sempre no tamanho do preconceito no Brasil. Mas agora é importante reafirmar a liberdade, por mim e por quem enfrenta repressão.

O que é ser bissexual

Por conta de sua revelação, o ator acabou levantando uma discussão na web sobre o que é ser bissexual. A bissexualidade é uma orientação sexual cuja principal característica é a atração, romântica e/ou sexual, por pessoas do mesmo sexo e do sexo oposto.

A definição é do instituto de pesquisas e acolhimento Bisexual Resource Center, que declara ainda que bissexuais não necessariamente se atraem por diferentes indivíduos ao mesmo tempo, da mesma forma e na mesma intensidade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Ser bissexual não é ser "confuso"

Antropóloga e mestre em estudos sobre igualdade e diversidade, Elizabeth Sara Lewis fala que a bissexualidade costuma ser taxada pela sociedade por julgarem que esta condição não existe.

A pesquisadora afirma que muitos veem a bissexualidade como uma mera fase de confusão sobre a própria sexualidade, como se fosse apenas possível classificar os indivíduos em heterossexuais ou homossexuais.

O psicólogo Dirk Belau ressalta que a sexualidade não é uma escolha. Ninguém escolhe ser homossexual, bissexual ou heterossexual, por exemplo. "Não é um mau comportamento; é algo incontornável quando acontece, faz parte do que a pessoa é", diz.

Admirar o mesmo sexo te torna bissexual?

A psicóloga Geime Rozanski comenta ainda que muita gente procura um rótulo para o que sente e o que é. Contudo, "cada pessoa pode experimentar relacionamentos de todas as formas sem caracterizar uma tendência ou outra", afirma.

Sentir atração por indivíduos do mesmo sexo, além do sexo oposto, pode caber na bissexualidade. É uma prevalência, mas não necessariamente todos aqueles que têm uma admiração, especialmente temporária, por pessoas do sexo masculino ou feminino são bissexuais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Como e por que se assumir

Descobrir e revelar a público a atração não somente por pessoas do sexo oposto, mas do mesmo sexo, é um desafio. Isso porque "a maioria da sociedade, com algumas niches de exceção, procura aproveitar [essa característica] para humilhar e se realçar", explica o psicanalista Dirk.

Gianecchini apenas assumiu a bissexualidade aos 46 anos - Foto: Reprodução/Facebook
Gianecchini apenas assumiu a bissexualidade aos 46 anos

O primeiro passo para se assumir bissexual é superar os sentimentos de medo e insegurança. Tal atitude pode alterar relações com parentes e amigos mais conservadores, porém, você se sentirá honesto consigo mesmo.

Reprimir sentimentos é algo custoso, tanto físico quanto emocionalmente, que pode levar à depressão, ansiedade e até mesmo ao suicídio. Por isso, busque aconselhamento de amigos e terapeutas para identificar o melhor momento para si mesmo em relação à revelação acerca da sua sexualidade.

Abordar a sexualidade

Descubra como falar com seu filho sobre sexualidade

Veja como lidar com a notícia da homossexualidade do filho

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Confira dicas para falar de seus fetiches com seu parceiro (a)