Solidão pode ser contagiosa, diz estudo

Estudo diz que o sentimento pode se espalhar como um resfriado

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 02/12/2009

Um estudo realizado pela Universidade de Chicago e de Harvard, nos Estados Unidos, sugere que as pessoas solitárias tendem a dividir o sentimento com outras pessoas próximas.

De acordo com a pesquisa, uma pessoa com solidão consegue fazer com que um grupo se afaste do convívio social. Para chegar aos resultados, os pesquisadores examinaram os registros de um estudo realizado no estado norte-americano de Massachusetts, desde 1948.

Com o passar dos anos o número de voluntários chegou a 12 mil pessoas. Os cientistas mantinham contato a cada dois a quatro anos e coletavam informações sobre os participantes para elaborar uma rede social para cada um deles.

Para medir os níveis de solidão os pesquisadores elaboraram gráficos com a história das amizades dos voluntários e sobre seus relatos de solidão. Com isso, conseguiram estabelecer uma forma de mensurar o sentimento.

PUBLICIDADE

De acordo com as análises feitas pelos cientistas, as informações mostravam que, assim como ocorre com um resfriado, os solitários "infectavam" as pessoas a sua volta com a solidão, e que estas pessoas apresentam um nível social cada vez menor.

Os resultados também mostraram que a solidão se espalhou entre os vizinhos que eram amigos próximos, além de mostrar que, quando as pessoas ficam solitárias, elas confiam menos nas outras e dão início a um ciclo que se torna ainda mais difícil, quando o assunto é convivência.