Dieta tem maior impacto no bem-estar emocional das mulheres do que em homens

Estudo mostra que gênero feminino necessita de maior quantidade de nutrientes para manter o equilíbrio

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 28/08/2018

Uma alimentação desregulada e pobre em nutrientes pode ocasionar diferentes males ao corpo, prejudicando, por exemplo, qualidade do sono, energia, imunidade e massa corporal. No entanto, quando esse desequilíbrio acontece, ele não se limita a aspectos físicos, a saúde mental também fica abalada, especialmente se você for mulher.

PUBLICIDADE

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Binghamton, nos Estados Unidos, descobriu que a saúde mental das mulheres pode ser fortemente influenciada pelos hábitos alimentares. De acordo com a pesquisa, o gênero feminino necessita de uma quantidade maior de nutrientes para manter o equilíbrio emocional.

Para a realização do estudo foram entrevistados 563 participantes, sendo 48% homens e 52% mulheres. As perguntas foram respondidas de forma anônima pelas redes sociais.

Após a análise, os pesquisadores concluíram que as mulheres necessitam de uma quantidade maior de nutrientes em relação aos homens, para manter o humor estável. Segundo os especialistas, essas descobertas podem explicar o motivo pelo qual as mulheres têm duas vezes mais chances de serem diagnosticadas com ansiedade e depressão em relação aos homens.

Os especialistas explicam que a dieta dos nossos ancestrais costumava ser rica em nutrientes e alta em energia e, portanto, contribuíram significativamente para o aumento do volume do cérebro e a evolução cognitiva da humanidade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

De acordo com os pesquisadores, antigamente os machos e as fêmeas possuíam responsabilidades físicas e emocionais diferentes que podem ter exigido necessidades de energia e preferência alimentar distintas. Desta forma, a ingestão diferente de alimentos atrelada ao gênero poderia explicar essa diferença entre as necessidades de homens e mulheres.