Felicidade em presentear os outros é a mais duradoura: entenda

Segundo o estudo, receber presentes é menos prazeroso do que presentear alguém

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 20/12/2018

A experiência de realizar algo pela primeira vez é arrebatadora. Mas ao fazer a mesma coisa pela segunda vez, percebemos que já não nos sentimos igualmente impactados. Isto se chama adaptação hedônica. Entretanto, segundo um estudo publicado no periódico Association for Psychological Science, presentear alguém sempre irá nos causar a mesma felicidade, mesmo que repitamos a ação diversas vezes.

PUBLICIDADE

Pesquisas anteriores indicavam que para potencializar a felicidade, precisávamos sair de nossa rotina e fazer algo novo. Entretanto, Ed O'Brien, um dos autores do estudo, afirma que dar presentes iguais para a mesma pessoa ainda parece uma experiência nova e prazerosa todas as vezes.

Como o estudo foi feito

Para chegar a essa conclusão, os cientistas deram 5 dólares por um período de cinco dias para estudantes universitários. Eles foram instruídos a doar ou gastar esse dinheiro. Após decidir o que fariam com a quantia, os participantes refletiam sobre seus níveis de felicidade a cada fim de dia.

Passado os cinco dias, os 96 participantes mostraram um padrão. Aqueles que gastaram sofreram uma leve queda nos níveis de bem-estar. Já quem doou, permaneceu com o nível de felicidade igual ou maior ao que estavam no início do experimento.

Explicações

Os pesquisadores notaram que quando as pessoas pensam em resultados (como receber dinheiro), elas comparam resultados atuais com anteriores, refletindo se foram beneficiadas ou não. Isso nos tira a sensibilidade de aproveitar as experiências.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Entretanto, quando as pessoas focam em uma ação (como realizar uma doação), elas comparam menos os resultados disso e apenas aproveitam o acontecimento. Isto pode acontecer porque dar algo para os outros reforça nosso senso de conexão social e pertencimento.