Descubra se você sofre de apego

Faça o teste e desvende se a mania de guardar tudo precisa de tratamento

POR LAURA TAVARES - PUBLICADO EM 20/09/2011

Dizem que apenas quando mudamos de casa ou apartamento percebemos a quantidade de coisas que guardamos. Algumas pessoas, entretanto, nem precisam de tal experiência. Cômodos destinados ao acúmulo de tralhas ou verdadeiras provas de obstáculos para mudar de um ambiente a outro já evidenciam tal tendência.

Segundo a psicóloga Elaine Marília, de São Paulo, especializada em comportamento cognitivo, há uma grande diferença entre guardar recordações e acumular lixo. "Quando o hábito começa a atrapalhar a vida da pessoa, deixando sua casa desorganizada e afetando até mesmo seu convívio social, então o problema pode ter se tornado uma patologia", explica. Por isso, o Minha Vida elaborou um teste para você descobrir se é você ou a bagunça quem toma conta da sua vida.

1/9

Papéis, comprovantes de pagamento, ingressos de alguma atração legal, cartões de empresas. Geralmente você:

2/9

O que você costuma fazer quando sobra comida?

3/9

Como você seleciona os itens que precisa guardar?

4/9

Como você lida com jornais, revistas e até livros velhos?

5/9

Arquivos e dados armazenados no computador também são "objetos" que acabam ocupando espaço. Como você organiza sua máquina?

6/9

E-mails chegam sem parar em sua caixa de e-mail? Qual sua atitude com eles?

7/9

É inevitável que as coisas fiquem velhas ou quebradas. Normalmente qual a sua atitude quanto a isso?

8/9

Em quase todo lugar nos dão brindes e presentinhos, o que fazer com eles?

9/9

As crianças cresceram, e agora?