Segure o bebê corretamente na amamentação

Siga o passo-a-passo e evite desconfortos para vocês dois

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 03/05/2007

Que amamentar o bebê é fundamental para a saúde da criança não resta dúvidas. Mas o que muitas mães esquecem é que a posição adequada na hora da amamentação também é essencial. Você sabia que a postura incorreta durante o aleitamento pode causar uma série de complicações para mãe? Entre elas destacam-se:

1. Dores nas costas;
2. Mamilos gretados e doloridos;
3. Mamas ingurgitadas (muito cheias e dolorosas);
4. Má produção de leite.

Muitas vezes, é por isso que o bebê não ganha peso. Para ele, a posição errada pode causar dois tipos de insatisfação. No primeiro, a criança não se alimenta direito e, por isso, quer mamar a toda hora. No segundo, o bebê fica frustrado e acaba recusando a mama. Aliás, um dos grandes vilões, neste último caso, é a chupeta.

PUBLICIDADE
Posição correta - Foto: Getty Images
Posição correta

Se o bebê a recebe o bico de plástico logo nas primeiras semanas, pode ter dificuldades para mamar depois, já que o modo de sugar a chupeta é diferente. Confira como deve ser a posição tradicional recomendada para a amamentação, da pediatra Sylvia Bianco, de São Paulo:

Deixe o bebê posicionado na mesma altura do mamilo, com a cabeça repousada no antebraço da mãe. Se a criança for maior e estiver irrequieta, segure-a por trás dos ombros, e não por trás da cabeça, o que pode machucá-la e dificultar a mamada.

O bebê deve ser capaz de alcançar o peito facilmente, sem precisar se esticar, nem girar a cabeça. A mãe deve aproximar o bebê do peito, e não o peito do bebê. Com o bebê bem posicionado, espere que ele abra bem a boca para iniciar a amamentação.

A mãe pode estimular a abertura da boca roçando o mamilo nos lábios do bebê. É importante que o lábio inferior da criança toque na mama o mais longe possível da base do mamilo. Desta forma, o mamilo estará apontado na direção do céu da boca, evitando engasgamentos. A mãe pode trocar o seio oferecido ao bebê. Só é preciso tomar cuidado para não irritar a criança, interrompendo a mamada de repente. Espere um instante em que ela própria fizer uma pausa.