Homeopatia para o sono do bebê: veja como ela pode ajudar

Tratamento procura encontrar a causa da dificuldade do pequeno em dormir

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 21/06/2017

Dra. Isis Dulce Pezzuol
Pediatria - CRM 39546/SP
especialista minha vida

O sono do bebê é sempre uma questão delicada. Certa vez, li um em que um bebê explicava como não deixar as mamães dormirem. Mostrei o texto para minha mãe, uma avó de vários netos com seus 85 anos. Após a leitura ela riu muito e afirmou que era tudo verdade.

PUBLICIDADE

No texto, o bebê explica que ao chorar a mãe zelosa vem ao berço, acalenta, amamenta, troca as fraldas e nina para dormir. Sai do quarto pé ante pé, a mamãe novamente se deita e em 10 minutos o bebê chora novamente e a maratona se reinicia. Quantas famílias já não passaram por essa situação? Certas noites esse ritual se repete várias vezes, até que os pais desistem e colocam o pequeno para dormir em cama. Pronto! Ele venceu e arrumamos mais um problema.

Recebo muito essa queixa em consultório, então tento com a família encontrar uma solução, que não é simples e não é única e não é a mesma para todos. Bebês não choram por manha e sim por desconforto. E choram para mamar, para trocar, ou por que sim. As vezes não conseguimos descobrir uma causa.

A homeopatia para o bebê dormir

Quando temos então a queixa: "meu filho não dorme? em qualquer consultório médico, seja homeopático ou alopático, é importante seguir um roteiro para uma melhor compreensão:

  • Descartar doenças que possam atrapalhar o sono: como assaduras, dermatites, obstrução nasal, dentição, cólicas
  • Avaliar alimentação do bebê e da mãe que amamenta: deverá ser adequada a idade, sem artificiais, corantes, engrossantes de leite e açúcar antes de dois anos. A alimentação inadequada pode produzir dor e um sono de péssima qualidade
  • Avaliar hábitos, ambiente e rotina de sono: a criança é um ser que merece nosso respeito. Deverá ter rotina, pois estão crescendo e necessitam de nossa ajuda. Nada de acordar o pequeno durante a noite por que uma visita chegou.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Existe uma puericultura de sono com alguns hábitos que ajudam o bebê:

  • Tente estabelecer rotinas desde os primeiros meses
  • Coloque a criança na cama ainda acordada para que ela entenda aonde está. Quando a criança dorme na cama dos pais e em seguida é colocada em sua cama, ao ter um micro despertar na madrugada, não reconhece o ambiente e chora
  • Não alimente durante a madrugada
  • Não atenda rapidamente qualquer ruído da criança, aguarde um pouquinho
  • Tendo de ir ao quarto da criança, não faça ruído, fale baixinho, não acenda luzes. Tente em um primeiro momento somente acalentar, sem tirar do berço
  • Evite levar para sua cama
  • Se a criança com pesadelo, atenda, acalente e avise que quando ela dormir você vai voltar a seu quarto, mesmo os bebês entendem.

Na consulta homeopática especificamente, temos de escolher dentre os medicamentos homeopáticos o que mais combina com o problema de sono e a personalidade do bebê. Desde o mais tenro ser já tem suas características: bebês mais calmos, mais exigentes, eles não são iguais nem os irmãos, então não compare. Características pessoais não são modificadas, a homeopatia trabalha com os excessos que incomodam o dia a dia dos pais e da criança, mas não altera a personalidade.

Passamos então para a repertorização homeopática. Tentamos observar os seguintes fatores já que a criança não fala:

  • Qual é o horário em que o bebê acorda, se no início ou meio da noite
  • Se a criança acorda de madrugada e quer brincar
  • Se precisa ser embalada e carregada
  • Se para dormir precisa dar uma volta de carro
  • Se o bebê é sonolento que briga com o sono e não adormece
  • Se não consegue dormir após uma festinha
  • Se acorda aos gritos e não tem consciência de onde está, parece perdida
  • Quando a criança está em consulta fica visivelmente irritada por falta de sono
  • Se é hipersensível, desperta ao menor ruído ou toque
  • Se a criança quer dormir e não consegue, ficando brava
  • Se tem um sono agitado e esfrega a face e narinas
  • Casos de insônia com agitação, medo de ficar só.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Então, o uso da homeopatia exige muita atenção: cada criança é exclusiva, única. Observe sempre a puericultura do sono, crianças necessitam de rotina e regras. Por vezes encontro crianças e famílias esgotadas em consulta, ambas precisam ser medicadas. O cuidar de um bebê, amamentar, diuturnamente é exaustivo, gratificante e importante. Essa família precisa de acolhimento, compreensão e homeopatia.

Qual é a necessidade de sono de uma criança?

Um bebê na primeira semana de vida dorme em média 16 a 18 horas, sendo metade de dia e metade à noite. Após os três anos, as criança deixam de dormir de dia , dormindo de 10 a 12 horas a noite. A necessidade e a duração variam com a idade e estamos falando de uma mediana que tem variações individuais.

O bebê ao nascimento segue o mesmo ritmo intrauterino: como a placenta alimenta o bebê 24 horas, ao nascer ele quer mamar sem muita regra: chorou, mamou. Esse ritmo vai até aproximadamente três a quatro meses de vida, quando então o pequeno se encontra apto para conciliar sono contínuo noturno, adapta-se ao ciclo biológico de 24 horas dos seres vivos, onde sofre influência de variação de luz, temperatura, ventos. Chama-se ciclo circadiano onde então, o bebê começa a ter ritmo: acordar de dia e dormir mais a noite. Ufa!