Estimule seu filho a sentir vontade de voltar às aulas

Dê fim nas birras da criança e incentive nela a vontade de aprender

POR REDAÇÃO - ATUALIZADO EM 25/07/2016

A volta às aulas, para muitas crianças, tem um gosto amargo. Elas sofrem para retomar a rotina e os pais acabam duas vezes mais cansados, por causa do desgaste dos primeiros dias. Para evitar este sufoco, o ideal é fazer uma transição moderada do ritmo. "Há pais que voltam de viagem no domingo à noite e acham ruim porque o filho dá trabalho para levantar cedo no dia seguinte", afirma a psicopedagoga Quézia Bombonatto. Segundo ela, a criança precisa de três dias de adaptação, acordando, dormindo e fazendo as refeições em horários certos.

Só a melhora na disposição, entretanto, não basta para que o reinício ocorra de forma tranquila. É preciso entrar no clima de volta às aulas, incentivando a criança a ter vontade de ir à escola. "A atuação da família é muito importante neste processo. Os pais precisam acreditar no projeto pedagógico da escola, só assim eles terão segurança para reagir quando o aluno fizer manha para assistir às aulas", afirma Quézia Bombonatto.

A opinião do seu filho precisa ser valorizada, claro. Se ele resistir demais, queixando-se dos amigos ou da professora, isso tem de ser investigado. Mas os pais não podem abrir mão da firmeza ou encarar o choro infantil como uma ameaça. "Como a criança ainda não tem uma argumentação forte, ela usa a birra para chantagear os adultos. Se não houver limites, a lição que é fica: quanto mais birra, mais ela consegue manipular as pessoas", diz a especialista.

Abaixo, você acompanha as dicas da psicopedagoga para transformar esta fase numa diversão, eliminando as reclamações.

1. Mostre o que há de bom na escola: a estratégia é importante principalmente para as crianças nunca estudaram e para aquelas que precisaram mudar de escola. Se possível, vá com seu filho para conhecer as salas, os ambientes de recreação, as inspetoras e mais tudo o que você achar que pode servir como estímulo.

2. Reforce as amizades: lembre que a escola é um local onde seu filho conhece outras crianças e faz novos amigos.

3. Leve ele na compra do material escolar: cadernos, estojo, lápis coloridos... a criança não vê a hora de estrear o material novo. Tente providenciar a compra antes do início das aulas.

4. Dê exemplos, mostrando que toda criança vai à escola: isso ajuda a romper com a Idea de que escola é sinônimo de castigo.

5. Fale das atividades lúdicas: tintas, pincéis, massinha de modelar e lápis de cor atraem muito a atenção da criança. Comente com seu filho as atividades que ele vai realizar.

PUBLICIDADE