Aquecimento global pode influenciar o sexo do bebê: entenda

Fenômeno também afeta a gestação das mulheres, e não apenas o meio ambiente

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 18/02/2019

O processo de aquecimento global traz diversas consequências para o planeta, incluindo o degelo, o aumento do nível dos oceanos e a desertificação. Entretanto, o aumento na temperatura não modifica apenas o meio ambiente. Segundo estudos publicados pela CNN, as mudanças climáticas também interferem na gestação das mulheres, influenciando o sexo que os bebês irão nascer.

PUBLICIDADE

De acordo com os pesquisadores, mais garotos estão nascendo em lugares onde a temperatura está elevada. Já em países que estão sofrendo com desastres naturais e mudanças climáticas, como incêndios ou secas, a tendência é que menos bebês do sexo masculino nasçam.

Uma prova do primeiro caso é um estudo feito por Samuli Helle, na Finlândia. Segundo a cientista, o aumento da temperatura em 1 grau Celsius ocasiona em um crescimento de 0,06% no nascimento de meninos.

Para comprovar a segunda teoria, um estudo realizado no Japão descobriu que após os desastres ambientais que ocorreram em 2018, houve uma queda de 6 a 14% no nascimento de garotos.

Por que isso acontece?

Segundo Misao Fukuda, autor do estudo japonês, os espermatozoides são vulneráveis ao estresse causado pelas mudanças climáticas, o que explicaria a influência do fenômeno no sexo que os bebês nascem. Entretanto, os cientistas ainda não conseguiram chegar a uma explicação definitiva.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)