Grávidas aumentam área de sensibilidade para proteger o bebê

Estudo descobriu que espaço peripessoal das gestantes se expandia no último trimestre

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 14/06/2019

Todos nós temos uma área em torno do corpo em que nossa defesa é ativada mesmo antes de sermos tocados. Chamado de "espaço peripessoal", é constantemente monitorado pelo cérebro porque somente dentro de seus limites podemos alcançar e agir sobre objetos. Um estudo descobriu que somente no último trimestre da gravidez esta área é expandida para o espaço em torno da barriga. Isso pode representar um mecanismo para proteger a barriga e o feto de lesões.

PUBLICIDADE

O objetivo do estudo era descobrir se esse espaço se expande em mudanças muito bruscas de formato corporal, como uma gravidez. Eles descobriram que no segundo trimestre da gravidez e no pós-parto as mulheres não apresentaram diferenças no tamanho do espaço peripessoal em relação às mulheres não grávidas. No entanto, no terceiro trimestre (a partir do 7º mês), a área ficou maior.

Mas como esta área é medida?

O estudo foi feito com 37 mulheres grávidas e 19 não grávidas em três sessões. Elas sentavam em cadeiras e eram submetidas a estimulação tátil e auditiva. por meio delas, era possível saber a qual distância seu cérebro acionava reações de defesa.

No último trimestre de gravidez esse espaço se expandia e era como se houvesse uma bolha de sensibilidade e proteção em volta da barriga.

A gravidez é um período repleto de transformações. No entanto, não são só negativas. Confira oito transformações positivas no corpo feminino.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)