Vídeo simula como útero se contrai antes e durante o parto

Fisioterapeuta explicou a diferença entre as contrações de treinamento e as efetivas, pouco antes de o bebê nascer

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 25/06/2019

Quem acha que as contrações do útero acontecem só durante o trabalho de parto está enganado. Geralmente a partir das 30 semanas de gestação (ou 20, em alguns casos), o corpo da mulher começa as contrações de treinamento. Já na hora do trabalho de parto, existem as contrações efetivas, velhas conhecidas. Você sabe a diferença entre elas? A fisioterapeuta Gabriella Viegas fez um vídeo em seu Instagram mostrando como elas são.

PUBLICIDADE

https://www.instagram.com/p/BzDmzTrANYf/

Segundo ela, as contrações de treinamento são irregulares e aparecem de 3 a 4 vezes por dia. Elas não provocam mudanças no colo do útero.

Já as contrações efetivas são regulares e vão ficando mais frequentes com o tempo. Elas preparam o colo do útero para o nascimento, afinando e dilatando sua saída.

"Percebam que nas contrações efetivas o útero todo trabalha, uma parte contrai para expulsar o bebê e a outra parte relaxa para dilatar e afinar o colo, permitindo a passagem do bebê", finaliza ela.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Quando estas contrações indicam trabalho de parto prematuro?

Segundo o obstetra Claudio Basbaum, se antes do tempo as contrações passarem a ser rítmicas, doloridas, mais frequentes e duradouras, temos que rotular o quadro clínico como trabalho de parto prematuro e fazer uma intervenção médica de urgência, para bloquear estas contrações.

Leia tudo sobre as contrações de treinamento.