Menino de 2 anos tem doença rara que o deixa sempre com fome

"As pessoas nem sempre sabem o que tem na comida dos filhos, mas isso não é uma opção para nós?, disse a mãe da criança.

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 16/08/2019

É comum que muitas mães tenham dificuldade de manter a alimentação de seus filhos sempre regrada, com uma dieta sem nenhuma guloseima ou doce. Porém a britânica Kirsty Milbanhac é obrigada a colocar seu filho na dieta mais saudável que você possa imaginar, pois ele possui uma síndrome rara que o deixa constantemente com fome.

PUBLICIDADE

Reggie tem apenas dois anos e foi diagnosticado com o distúrbio genético da síndrome de Prader-Willi (SPW). Geralmente, é causado pela exclusão de uma parte do cromossomo 15, transmitido pelo pai.

Foto: PA Real Life
Menino de 2 anos tem doença rara que o deixa sempre com fome

Os sintomas mais comuns são problemas de comportamento, deficiência intelectual, baixa estatura, puberdade atrasada e fome constante. Além disso, a PWS também resulta em pacientes com baixo tônus ??muscular, o que significa que Reggie ainda não consegue andar.

Como se deu o diagnóstico

A mãe de Reggie conta, em entrevista ao site Daily Mail, que teve uma gravidez tranquila até duas semanas antes do parto, quando os médicos perceberam que sua barriga não estava crescendo.

Os exames mostraram que o bebê era menor do que o esperado e a suspeita era de que a placenta não estava funcionando corretamente. Por isso, os médicos recomendaram que fosse realizado um parto induzido.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Assim que nasceu, em 2017, o bebê não tinha tônus muscular e, na manhã seguinte, os níveis de açúcar começaram a cair, então ele teve que ser levado para a UTI. Somente depois de muita investigação, Reggie foi oficialmente diagnosticado com a doença, em fevereiro deste ano.

"As pessoas nem sempre sabem o que tem na comida dos filhos, mas isso não é uma opção para nós.?

Depois disso, o menino passou a frequentar fisioterapia para conseguir andar e possui uma dieta muito regrada. "O mais difícil é administrar a dieta do meu filho. Eu tive que aprender muito sobre nutrição. As pessoas nem sempre estão cientes do que tem na comida dos filhos, mas isso não é uma opção para nós", afirma Kirsty Milbanhac em entrevista ao site Daily Mail.

"Basicamente, ele segue a dieta mais saudável que você pode imaginar. Pobre em carboidratos e sem açúcar. Não quero que ele sinta que nunca recebe guloseimas, por isso tento contornar dando-lhe alternativas, como os sorvetes de abacate que não têm açúcar", acrescenta a mãe de Reggie.

Atualmente, a família está arrecadando recursos através da página de financiamento coletivo GoFundMe para empregar o dinheiro em pesquisa e finalmente encontrar uma cura para a Síndrome Prader-Willi (SPW).

Conheça outras doenças raras

Menino de 5 anos contraiu doença rara após tomar paracetamol

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Doença genética faz com que menino se alimente apenas de pêssego

Síndrome de Kawasaki: sintomas, tratamentos e causas