Bebês entre 6 meses e 1 ano devem tomar a vacina de sarampo

Crianças nessa faixa etária correm maior risco de óbito

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 26/08/2019

O Ministério da Saúde lançou um comunicado afirmando que crianças de 6 meses a 1 ano são mais suscetíveis a desenvolverem sarampo num nível mais grave, podendo levá-las a óbito. Por isso, agora bebês entre 6 meses e 1 ano devem tomar a dose extra da vacina de sarampo. O número de doses enviadas aos estados brasileiros foi ampliado para a intensificação na prevenção da doença.

PUBLICIDADE

Em comunicado à imprensa o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, afirmou: "O Ministério da Saúde está fazendo uma medida preventiva. Nós estamos preocupados com essa faixa etária porque em surtos anteriores foram as crianças menores de um ano que evoluíram para casos mais graves e óbitos".

A notícia veio após o aumento no número de casos de sarampo em alguns estados do país, chegando a 1.662 casos só em São Paulo até o dia 10 de agosto de 2019. O Ministério da Saúde irá enviar 1,6 milhões de novas doses para que crianças que não tomaram a "dose extra" possam ser vacinadas.

A nova dose não substitui as previstas no Calendário Nacional de Vacinação para crianças de 12 e 15 meses. Ou seja, mesmo crianças que tenham tomado a dose preventiva devem ser vacinadas novamente, seguindo as datas da carteirinha de vacinação.

O que é Sarampo?

O sarampo é uma doença infecciosa transmitida por um vírus, podendo ser repassada através de tosses, espirros, fala e contatos físicos como o beijo, por exemplo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Quais são os sintomas do sarampo?

Entre seus principais sintomas estão:

  • Manchas avermelhadas no corpo
  • Febre
  • Mal-estar
  • Tosse

Veja também

Quem tomou vacina do sarampo há anos está suscetível à doença

Sarampo mata? Entenda mais sobre a doença

Veja quem precisa tomar a vacina de sarampo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)