Pais que não vacinarem seus filhos poderão ser presos

Projeto de lei também inclui pena para quem divulgar notícias falsas sobre vacinação

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 06/12/2019

Um projeto de lei que autoriza a prisão de pais e titulares que não permitirem seus filhos, crianças e adolescentes, a tomarem as vacinas previstas no Calendário Nacional de Vacinação está sendo discutido na Câmara dos Deputados. Na última quarta-feira (04), ele foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família e segue para ser discutido nas próximas comissões.

PUBLICIDADE

De acordo com o site oficial da Câmara dos Deputados, o projeto de lei 3842/19 terá como pena a detenção de 1 mês a 1 ano pelo crime de "omissão e oposição à vacinação", além do pagamento de uma multa.

A pena também é válida para quem "divulgar, propagar e disseminar, por qualquer meio, notícias falsas sobre as vacinas componentes de programas públicos de imunização", diz o texto, que está tramitando pela Câmara.

O projeto será encaminhado para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania para análise, e, logo após, será enviado para o Plenário.

Vacina pode causar doenças?

Nos séculos passados, grande parte dos óbitos registrados eram causados por doenças infecciosas fatais. Esse cenário mudou com a chegada das vacinas, que reduziram o número de mortes e garantiram proteção duradoura contra doenças que atingiam crianças, gestantes e também adultos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

O pediatra e infectologista Renato Kfouri, Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, falou sobre este importante tema durante o Minha Vida ao Vivo, oferecido por Sanofi Pasteur, e explicou por que é importante continuar vacinando a população contra doenças como difteria, tétano, coqueluche, meningite, hepatite e poliomielite.

Confira as respostas do especialista aqui.

Entenda mais sobre vacinas

Confira o calendário de vacinação

Veja sete vacinas que adultos precisam tomar

Entenda a importância da vacinação

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)