Mãe reencontra sua bebê que passou 45 dias em isolamento

A pequena Layla recebeu alta depois de dias em isolamento devido à pandemia do novo coronavírus e vídeo de reencontro com a mãe comove a internet

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 12/05/2020

Foto: Reprodução/ Complexo Hospitalar da UFC
Mãe reencontra sua bebê que passou 45 dias em isolamento
PUBLICIDADE

A história do reencontro de uma mãe e sua bebê recém-nascida, após 45 dias sem se ver, comoveu a internet nesse momento de pandemia. A pequena Layla Vitória nasceu em janeiro com uma malformação e teve que ficar internada na UTI neonatal desde então.

A bebê de Vanessa Moreira nasceu na Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (MEAC), do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará (UFC), e passou mais de três meses na UTI neonatal.

Porém, com o isolamento instaurado devido à pandemia do COVID-19, a mãe de Layla não podia mais ver sua filha presencialmente. Suas visitas eram sempre online, através de chamadas de vídeos uma vez por semana.

Felizmente, nesta última quarta-feira, a pequena recebeu alta e o vídeo emocionante desse reencontro foi compartilhado nas redes sociais do Complexo Hospitalar da UFC. No vídeo, a mãe agradece a toda equipe médica e comemora que sua bebê finalmente vai poder dormir no seu bercinho em casa.

https://www.instagram.com/p/B_5IdeYnp0y/

"Eu queria agradecer a cada um aqui que, de alguma forma, acabou sendo da minha família, porque deixar a família de vocês em casa com esse risco todo e estar aqui cuidando dos nossos pequenos", disse Vanessa emocionada por finalmente poder ter sua filha no colo.

Como prevenir o coronavírus no puerpério?

Se a mãe souber que está positiva para o coronavírus, o ideal é que ela não fique tão próxima do bebê. A infectologista Camila Almeida recomenda que a mãe higienize bem as mãos e a bombinha de tirar leite, além de pedir ajuda de uma pessoa que não esteja contaminada para alimentar o recém-nascido.

Se for amamentar, vale usar máscara, já que o coronavírus pode ser transmitido por gotículas, assim como não se deve ficar beijando o pequeno.

Além disso, mesmo se a mãe não estiver doente, é necessário seguir as mesmas orientações de quarentena. "Sabe-se que nessa época todo mundo quer ir conhecer o bebê, mas é importante que ela adie as visitas. Opte por fazer videoconferência com a família", indica a especialista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Saiba mais sobre coronavírus

Coronavírus: entenda os riscos para as gestantes
Como o corpo dos bebês pode reagir ao coronavírus
Coronavírus: o que é, sintomas, tratamento e prevenção