Aulas de body dão dinamismo ao treino na academia

Elas fazem uma grande diferença na saúde e forma física

POR ANA MARIA MADEIRA - ATUALIZADO EM 01/11/2016

Ao contrário do que acontecia há alguns anos, academia não é mais sinônimo de puxar ferro. Hoje, existem inúmeras aulas aeróbicas, que reúnem dança, step, movimentos de luta e até técnicas orientais, as chamadas body. Body step, Body pump, Body balance, entre outras opções integram a turma de modalidades trazidas ao Brasil pela empresa Body Systems. A seguir, você descobre os benefícios de cada aula e qual delas tem mais a ver com o seu estilo.

Body pump

Movimentos simples, descomplicados e com baixo grau de impacto com barras e anilhas compõem esta aula. Com duração de 60 minutos consiste em no mínimo 100 repetições de exercícios para cada grupo muscular, com gasto médio de 500 calorias. A sessão começa com exercícios de pernas, quadríceps e glúteos. Depois, peitorais, seguido do alto, médio e baixo dorso. Uma vez aquecido o tronco, é a vez dos braços (bíceps e tríceps) e dos ombros (trapézios). A atenção retorna às pernas, para a parte final do treino, quando a aula termina com abdominais, alongamentos e relaxamento.

A modalidade não promove aumento excessivo da massa muscular, pois desenvolve somente a tonificação dos músculos. Recordista absoluto de audiência em 6.500 academias de 50 países, do acordo com a Body Systems, essa aula proporciona ganhos de força, resistência, postura e definição muscular para mais de três milhões de praticantes no mundo, graças à simplicidade. "Atraente para mulheres e homens de todas as idades, esse treinamento é ideal tanto para as pessoas que estão iniciando a inclusão de uma atividade física na rotina, devido a seu baixo grau de complexidade, quanto para aquelas que já praticam alguma atividade e que procuram uma aula motivadora e com intensidade regulável", explica Sandro.