#EuPratico: 7 dias para entrar em movimento e acabar com o sedentarismo

Conheça nosso desafio e descubra o prazer de se exercitar

POR HELOISA FREITAS - PUBLICADO EM 05/07/2018

Todo mundo já passou por aquela fase um pouco mais parada, sem praticar alguma atividade física e sem dar a devida importância aos exercícios físicos. O problema é que o sedentarismo está relacionado a um grande número de doenças, o que consequentemente acaba impactando de forma negativa na qualidade de vida de quem convive com ele. Se você ainda não faz parte desse time, não se desespere, aproveitamos o clima da Copa do Mundo e lançamos o desafio #EuPratico justamente para você.

PUBLICIDADE

A ideia é aproveitar o embalo dos jogos e começar a se exercitar, não necessariamente com futebol. No desafio de 7 dias, daremos algumas sugestões de atividades para que você encontre uma que realmente goste e mantenha corpo e mente em movimento.

Arquivo pessoal
Nossa repórter Lara Deus, que vai iniciar o desafio de 7 dias longe do sedentarismo

Para mostrar que, sim, é possível, a nossa repórter Lara Deus topou participar do desafio. Desde criança, ela sente dificuldades em praticar atividades em grupo e isso reflete em sua vida até hoje. "Já cheguei a fazer balé na infância, mas sempre me senti muito deslocada em atividades em grupo que tinham como foco o corpo. Sempre me faltou coordenação motora, desde então eu fui desenvolvendo uma aversão a isso", explica a repórter.

Lara conta que viu no desafio #EuPratico, a oportunidade que ela precisava para dar o primeiro passo: "Eu me senti capaz. Todas as minhas tentativas anteriores foram frustradas porque o que se fala por aí é que você vai começar correndo uma maratona, disputando um torneio ou indo para a academia sete vezes por semana. O desafio me proporcionou perceber que, para sair do sedentarismo, é preciso ir vencendo aos poucos os limites do seu próprio corpo". Conheça o desafio:

1. Baixe um aplicativo de treinos e se exercite em casa

Sabemos o quanto é difícil começar uma rotina de treinos. Muitas vezes praticamos a auto sabotagem e nos apegamos a qualquer empecilho para não começar a praticar algum tipo de exercício. Por isso, esse item do desafio é muito importante e merece uma atenção especial. Aqui temos uma lista com 10 apps gratuitos, disponíveis para Android e iOS, que vão te ajudar a treinar onde estiver. Com essa lista não vai ter chuva, frio ou trânsito que servirá como desculpa. Conheça os 10 apps gratuitos que podem te ajudar a manter o foco nos treinos, escolha um e comece o seu desafio praticando alguma das modalidades propostas por eles.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

2. Acompanhe uma aula de dança no Youtube

Pode soar clichê, mas é verdade: quem dança, seus males espanta. Sim, é isso mesmo. A dança é uma atividade extremamente prazerosa e que oferece benefícios não somente para a saúde física, mas também a saúde mental. A atividade melhora a flexibilidade, a coordenação motora e proporciona o bom humor e a auto confiança. Além disso, um estudo realizado pela Universidade de Tecnologia de Queensland, na Austrália, mostra que dançar faz com que você envelheça melhor, porque a atividade aumenta a felicidade. Para o seu segundo dia de desafio, faça alguma aula de dança no youtube. Veja aqui algumas sugestões de aulas disponíveis no youtube.

3. Faça um alongamento

O alongamento é uma modalidade que favorece a flexibilidade corporal, mas também indicado para evitar lesões ou dores musculares. A técnica age afastando o músculo de um ponto ao outro, com o objetivo de dar mais agilidade e aumentar a amplitude do movimento muscular e da elasticidade. Seu efeito final é o relaxamento do músculo e a melhora da flexibilidade do mesmo. Com a prática frequente, você tonifica a musculatura, melhora a postura, oxigena melhor todas as células e a queima de calorias ocorre com mais eficácia. Confira as dicas para se alongar em casa.

4. Pilates em casa

O pilates também é uma modalidade que oferece muitos benefícios para a saúde física e emocional. Ele é um ótimo aliado para combater o estresse, amenizar dores, corrigir a postura, melhorar a flexibilidade e estimular a coordenação motora. Além disso, ele trabalha e fortalece os músculos, previne fraturas osteoporóticas e melhora a postura. Os exercícios exigem concentração da mente e do corpo, por isso é indicado como terapia antiestresse. O pilates também é ótimo na prevenção da dor de cabeça, da falta de disposição e da ansiedade. Para o quarto dia de desafio, aprenda dois exercícios que trabalham o corpo todo.

5. Caminhe 30 minutos

A caminhada é um dos exercícios mais conhecidos que existem. E se você ainda não tem o hábito de praticar nenhum exercício, talvez ela seja bastante indicada nesse caso. Isso porque, a caminhada pode ser feita a qualquer hora, em qualquer lugar, não exige alto desempenho e é de graça. Paulo Correia, fisiologista do esporte da Unifesp afirma que, para uma pessoa que não pratica nenhum tipo de esporte, uma caminhada de 10 minutos por dia já provoca efeitos perceptíveis ao corpo depois de apenas uma semana. Além disso, a prática da caminhada oferece benefícios como melhorar a circulação, fortalecer o pulmão, diminuir a sonolência e controlar a vontade de comer em excesso. Confira aqui todos os benefícios que a caminhada oferece e continue seu desafio caminhando por 30 minutos.

6. Exercícios no parque

Se você pensa que para treinar precisa de academia, está muito enganado. Hoje é possível se exercitar sem o uso de equipamentos e ainda ter bons resultados com a prática regular. Em casa, a praticidade é enorme, mas que tal aproveitar aquela praça ou o parque mais perto de você? Ao ar livre, o treino pode ficar muito mais gostoso! Confira aqui um treino perfeito para realizar ao ar livre.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

7. Encontre uma modalidade que você goste de verdade

Este sem dúvidas é o item mais importante da lista. Nossa rotina já é cheia de atividades obrigatórias que nem sempre são tão prazerosas quanto gostaríamos, portanto os exercícios físicos não precisam, e nem devem, se encaixar nessa lista. Praticar alguma atividade com prazer, além de resultar em bom desempenho nos treinos, também refletirá na qualidade de vida. Por isso, é muito importante colocar o prazer antes da obrigação. A última lição do desafio é se inspirar na história de pessoas que se apaixonaram pelo esporte e se permitir fazer uma aula experimental de alguma modalidade que sempre quis conhecer mais.