Tive uma lesão durante uma trilha ou caminhada: o que fazer?

Saiba o que fazer na hora e como evitar as lesões mais comuns

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 06/06/2019

Ricardo Nahas
Medicina Esportiva
especialista minha vida

Imagine só estar em meio a uma trilha e seu pé escapar, ou aquela pisada não ter sido das mais firmes? E, então, você se depara com uma torção de tornozelo. O que fazer?

PUBLICIDADE

Primeiros cuidados

  • Peça ajuda da equipe de apoio, se estiver em grupo especializado
  • Proteja e imobilize a região atingida com camiseta ou meião
  • Se possível, coloque gelo no local mais inchado
  • Eleve o pé
  • Comprima o local
  • Mantenha-se aquecido

Muitas pessoas fazem trilhas em grupo, com a organização de profissionais. Se tiver condições disponíveis, chame a equipe de apoio para uma avaliação mais detalhada antes de prosseguir com o esforço.

Caso esteja só ou sem profissionais especializados, procure poupar a articulação comprometida, pois o objetivo é não piorar a lesão. Assim, evite o apoio total usando um cajado, por exemplo, e tente imobilizar o local com panos limpos (camiseta, "meião") e procure socorro especializado o mais breve possível.

Para as lesões traumáticas o importante é minimizar os seus efeitos e impedir o agravamento da lesão. Portanto, proteger a região atingida e imobilizar para repouso minimizam complicações eventuais. Gelo local alivia a dor e diminui inchaço. Elevar o membro afetado facilita o retorno do sangue no trecho comprometido pela lesão. Comprimir suavemente o local (sem garrotear, ou seja, sem muita pressão) ajuda a diminuir o sangramento dos vasos rompidos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

O indivíduo deve se manter aquecido. Evite ingerir alimentos e água até que a decisão médica não resulte em cirurgia de emergência.

Lesão leve, média ou grave: como identificar

Identifique o tipo de lesão e saiba como agir de forma correta - Foto: Shutterstock
Identifique o tipo de lesão e saiba como agir de forma correta

Para lesões leves e moderadas, siga as instruções acima.

Já para lesões mais graves, como fratura, procure interferir o mínimo possível no indivíduo machucado. Caso a lesão seja com você, tente permanecer imóvel até chegar atendimento especializado para transporte imediato até um hospital.

Mantenha o corpo aquecido, tendo o mínimo de manipulação possível - tanto de si como do local atingido. Não se alimente ou beba água - neste caso, pensando em eventual cirurgia de urgência.

Em todas as situações, peça que isolem a área, se possível, evitando aglomeração - pois todos têm opiniões e atitudes por vezes intempestivas nestas situações.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Como evitar lesões em caminhadas e trekking

  • Passe por uma avaliação médica
  • Use calçados adequados
  • Vista roupas adequadas
  • Proteja os tornozelos
  • Opte por meias grossas

Passar necessariamente por uma avaliação médico-desportiva e um bom condicionamento físico antes de se aventurar por trilhas na natureza, principalmente se desconhecidas e de nível competitivo, auxilia a evitar lesões nestas situações.

Use calçado compatível com a exigência do terreno (rochoso, terra, areia ou mistos). Uma dica é não usar um calçado novo para longas caminhadas ou trekking para que não machuque seus pés.

Vestes adequadas protegem o corpo de feridas por quedas ou acidentes da natureza. Pense bem nas roupas, que devem ser adequadas ao clima no dia do evento. Em dias mais quentes, opte por vestimentas mais leves e claras, por exemplo. Em dias mais frios, opte por casacos, gorro e luva.

Os tornozelos merecem uma atenção especial: proteja-os com suportes externos, como tornozeleiras, calçado tipo bota (como tênis de basquete, por exemplo) ou enfaixe com esparadrapo e crepe se souber fazer ou tenha alguém que faça por você.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Use meias adequadas, grossas. Evite meias sociais, já que elas provocam lesões por atrito!

Tipos de lesões mais comuns

As mais comuns são as contusões, as "batidas" em objetos durante o percurso (galhos, raízes ou outros competidores, por exemplo) ou mesmo quedas ao solo.

As feridas, escoriações com lesão da pele podem ser concomitantes ou isoladas. Entorses, principalmente dos tornozelos e pés, vêm em seguida na frequência de ocorrência.

Já as tendinites e lesões musculares (estiramento muscular e câimbra) acontecem na fadiga durante o exercício ou na recuperação que se segue.

Por sua vez, fraturas são mais raras, porque exigem maior energia do trauma, como nos esportes motorizados, por exemplo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Como agir em casos de queimadura

Há quem faça corrida ou caminhada na areia. Nestes casos, é preciso tomar cuidado com queimaduras - como de água-viva, por exemplo.

Caso sofra uma queimadura do tipo, lave o local com água corrente em abundância e proteja a região. Se cobrir, que o seja com panos limpos. Nenhum produto, comercial ou caseiro, deve ser utilizado exceto por decisão do médico assistente.

Abraços e até a próxima!