Benefícios de treinar no inverno e cuidados necessários

Especialista dá dicas para driblar o frio e tornar a prática física um hábito

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 10/07/2019

Fernando Cesar Oliveira Ferreira
Educação Física - CREF 8945-g/DF
especialista minha vida

Neste mês de julho, nada melhor do que falar sobre treinar no inverno, afinal, esta estação já chegou no Brasil e sempre promete quedas nas temperaturas.

PUBLICIDADE

O frio que nos ronda gera vontade de comer e beber coisas gostosas, mas nem tão saudáveis - como chocolate quente, fondue, bebidas alcoólicas para "aquecer", entre tantas outras opções. Ainda, desejamos ficar mais "quietos", nos mexermos menos, nos exercitarmos menos. Literalmente hibernar, não é mesmo?

Mas espere um pouco: bem, não somos ursos e não há necessidade de acumularmos camadas e camadas de gordura para sobrevivermos ao inverno.

Ficar parado no inverno pode te levar à depressão

Nos países mais frios, a inatividade física está diretamente relacionada a uma doença chamada SAD (Seasonal Affective Disorder), que ao traduzir ao português seria algo como "transtorno afetivo sazonal". Assim, devido ao frio e a falta de se movimentar, as pessoas tendem a ter menos convívio social e se isolam mais. Não é incomum, portanto, vermos diagnósticos de depressão serem relatados e aumentados durante esta estação do ano.

Benefícios ao treinar no inverno

1. O sol é um eterno aliado

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Mesmo no inverno, se exercitar ao sol é recomendado em função de inúmeras vantagens - como melhor fixação do cálcio, o que corrobora para que nos esforcemos para termos alguma atividade ao ar livre como forma de saúde; e a aquisição de vitamina D.

2. Melhora o humor

A realização de exercícios físicos, mesmo no inverno, auxilia o humor, evitando, assim, aquela atitude mais introspectiva e de afastamento do convívio social. Ainda, elimina aquele convívio social que acontece somente para degustar de guloseimas, cuja vontade aumenta nos dias mais frios e pode te levar a ganhar peso, além de outros problemas de saúde atribuídos à alta ingestão de carboidratos e açúcar.

3. É mais fácil adquirir o hábito de se exercitar

O inverno pode ser a melhor época para você vencer a mania de criar desculpas para não se exercitar e inserir atividades físicas na sua rotina. Afinal, é mais desafiador sair da cama e treinar no frio. Então, se você conseguir vencer a preguiça e não se autossabotar, você criará a rotina de se exercitar regularmente mesmo quando o clima parece não querer contribuir tanto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

4. Previne problemas cardíacos

Devido ao tempo frio, o coração precisa bombear o sangue mais rápido para aquecer todo o corpo. Desta forma, aumenta-se o ritmo da circulação sanguínea, o que reduz a pressão arterial e limpa as artérias. Essa redução e limpeza, assim, evitam doenças cardiovasculares, como AVC, hipertensão e infarto.

5. Aumenta a resistência

Treinar no inverno exige um maior esforço, especialmente aos sistemas respiratório e cardiovascular. Quando feitos com orientação profissional e sem excesso, os exercícios físicos praticados em dias frios podem aumentar a resistência do seu organismo.

Dicas para treinar no inverno e driblar o frio

Veja algumas dicas importantes para sairmos deste marasmo que parece querer nos arrastar de toda forma:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

1. Proteja mãos, pés e rosto

Estas partes do corpo (mãos, pés e rosto) são os mais importantes sensores de temperatura. Por este motivo, ao realizar atividades durante a estação fria, devem ser cobertos e aquecidos sempre que possível - especialmente em atividades ao ar livre.

2. Mantenha-se hidratado

Não se engane: por mais que você possa parecer transpirar menos, as perdas de líquido do corpo são muito elevadas no inverno para que o organismo possa manter sua temperatura corporal na casa dos 35/36º C com os quais já está habituado. Assim, é fundamental ter uma hidratação tão precavida como temos no verão.

3. Aquecer é fundamental

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Preocupe-se com um bom aquecimento prévio antes dos exercícios físicos e com roupas que aqueçam seu corpo, mas que sejam confortáveis para sua prática.

4. Cuidado com o tempo seco

O ar mais seco e frio ajuda na proliferação de vírus e bactérias, o que é comum a esta época. Assim, se alimentar bem, ter uma hidratação boa e constante e se exercitar são aspectos que favorecerão muito seu sistema imunológico, auxiliando assim na prevenção de doenças e na manutenção da sua saúde.

Com estas dicas, você poderá tornar a prática de exercícios um hábito mesmo no inverno. Então, já calçou seu tênis?