Descubra o melhor tipo de exercício físico para você

Nem todos precisam ser realizados na academia; saiba mais

POR INFORME PUBLICITÁRIO - PUBLICADO EM 09/08/2019

Você se descreve como uma pessoa mais calma ou agitada? Prefere ambientes fechados ou gosta de respirar o ar puro? Estas perguntas podem parecer simples, mas elas fazem diferença na escolha do exercício que você pretende praticar.

PUBLICIDADE

Além das considerações do educador físico, levar em conta sua preferência pessoal pode te ajudar a ter um melhor desempenho e também adotar uma regularidade, o que é superimportante. Mas, calma, tudo bem tentar modalidades diferentes e trocar horários até encontrar o mais agradável.

O importante, neste caso, é se dedicar e lembrar que os benefícios da prática física vão além do emagrecimento. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), praticar exercícios três vezes por semana é o ideal para afastar os males do sedentarismo, agravante de doenças cardíacas, diabetes e câncer.

Melhores exercícios para praticar ao ar livre

O ar fresco e o contato com a natureza realmente fazem a diferença em seu exercício, uma vez que promovem a sensação de relaxamento, ajudam a melhorar a imunidade e até previnem problemas de saúde relacionados a ossos e músculos.

Outro aliado é o sol, nossa principal fonte de vitamina D. O astro estimula a produção de melatonina, hormônio responsável pela regulação do sono e o desejo sexual. Além disso, o poder da vitamina D já foi relacionado com a diminuição da depressão. Confira as atividades e escolha a melhor para você:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Caminhada e corrida

A caminhada leve por trinta minutos é suficiente para ativar a circulação sanguínea, regular a pressão e emagrecer. Esse exercício também é o ponto inicial para a corrida, que deve avançar aos poucos.

Yoga

A yoga é inclusiva. Ela pode ser realizada quando a pessoa está sozinha ou em grupo; por crianças e adultos; pela manhã ou à noite; ou ainda em ambientes fechados ou ao ar livre. O exercício melhora a mobilidade, a concentração e promove, principalmente, o fortalecimento muscular.

Andar de bicicleta

Pedalar não é apenas uma brincadeira infantil. Na fase adulta, o exercício também pode ser incorporado à rotina pois apresenta vantagens como diminuição de doenças cardíacas, diabetes e hipertensão.

Exercícios para fazer na academia

O primeiro ponto da academia é focar no seu próprio desenvolvimento e evitar comparações com as demais pessoas do ambiente. Além disso, você pode desenvolver amizades e praticar aulas em grupo, nas quais um indivíduo estimula o outro e faz trocas importantes.

Musculação

A musculação é o principal exercício da academia e deve ser realizada com a ajuda de um professor - pelo menos, até a adaptação. Lembre-se de definir seus objetivos e aumente a carga sem forçar demais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Pilates

Essa atividade aeróbica melhora a postura, a respiração, a flexibilidade e o controle sob o corpo. O pilates, feito no solo ou com aparelho, é muito indicado para pessoas com problemas nas articulações e lesões após atividades físicas.

Natação

Tanto a natação quanto a dança são atividades que ficam melhores quando praticadas em grupo. Os exercícios são leves, mas movimentam o corpo todo, auxiliando o condicionamento físico, o ganho de massa muscular, perda de peso e até problema respiratórios.

Principais cuidados ao realizar exercícios

Independente de qual local e exercício escolher, alguns cuidados são essenciais para evitar lesões e outras complicações durante ou após a atividade. Confira as dicas:

Cuide da saúde bucal

Você sabia que manter a saúde bucal em dia é fundamental para garantir uma boa performance? Erosão dentária, cárie, periodontite e bruxismo são exemplos de problemas que podem atrapalhar o rendimento físico e causar dor. Para se proteger, a melhor opção é investir em sua higiene bucal com o novo Colgate Total 12.

O creme dental é indicado porque cria uma barreira que protege língua, gengiva, bochechas e dentes contra a placa bacteriana, responsável pelo tártaro. Além disso, o uso contínuo previne a sensibilidade, evita o amarelamento do dente e a erosão dentária, que pode ser agravada pelo uso de isotônicos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Alongue-se

Estiramento, distensão, dor e desconforto muscular são consequências da falta de alongamento antes e depois do exercício, por isso não se esqueça de alongar os membros superiores e inferiores.

Respire bem

A respiração correta, aquela que começa pelo abdômen e só então termina no tórax, garante com que você fique menos cansado e promove o relaxamento dos músculos.

Não esqueça da hidratação

A água é indispensável durante o exercício físico. Em atividade, o corpo gasta mais energia e água por meio da transpiração, portanto é sempre repor para não acarretar desidratação.

Respeite o seu corpo

Em um primeiro momento, é comum sentir dores musculares causada pelos exercícios, mas elas são não devem durar muito e são leves, ou seja, não atrapalham a rotina. Neste período é fundamental respeitar o tempo de recuperação para evitar complicações. Lembre-se: caso a dor persista, consulte o médico.