Adolescente pode fazer academia? Especialista responde

Descubra se o medo dos pais em adolescentes fazerem academias realmente faz sentido do ponto de vista médico

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 16/08/2019

Dr. Thiago Righetto
Ortopedia e Traumatologia - CRM 125.722/SP
especialista minha vida

Muito se fala sobre a prática de atividades físicas por jovens. E esse assunto gera muitas dúvidas referente ao período, carga, frequência, indicações e contraindicações. Principalmente em relação à academia na adolescência.

PUBLICIDADE

Idade para começar a academia

Na verdade, não existe uma idade mínima para que se iniciem as atividades físicas, desde que criança ou adolescente tenha desenvolvido equilíbrio, força e destreza e tome os devidos cuidados para evitar lesões.

Academias para crianças mantêm atividades lúdicas - Foto: Shutterstock
Academias para crianças mantêm atividades lúdicas

Antes dos 10 anos de idade os treinos englobam atividades lúdicas na academia. Não com o objetivo de ganhar massa muscular, mas sim de tirar as crianças do sedentarismo. Atualmente, já existem até academias especializadas na faixa etária infantil no Brasil.

Cuidados antes e durante os treinos

O indicado é procurar um profissional da área para acompanhamento durante os treinos e, antes de iniciá-los, realizar a avaliação pré-participação esportiva.

Essa avaliação permite que com que o profissional de Educação Física tenha um panorama total do corpo do adolescente e, com isso, consiga afastar doenças e o risco ao paciente de se lesionar, entendendo suas limitações articulares ou musculares.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

As lesões são causadas principalmente pela realização de exercícios sem supervisão.

Antes dos 16 anos de idade, todo praticante (sem exceções) deve ter o acompanhamento de um profissional especializado durante todo o treino. Não apenas na hora de montar a série a ser realizada.

Musculação na adolescência traz diversos benefícios à saúde - Foto: Shutterstock
Musculação na adolescência traz diversos benefícios à saúde

Desta maneira, o aluno acaba melhor orientado sobre os exercícios mais indicados, assim como as repetições, posições e os pesos que devem ser usados.

Benefícios da musculação na adolescência

Geralmente um adolescente começa na academia com cargas menores e o aumento ocorre gradativamente, conforme o aluno evolui durante os treinos, intensificando aos poucos, respeitando o limite individual.

Vale ressaltar que a prática de atividades físicas, como a frequência nas academias, contribui positivamente para o desenvolvimento do adolescente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Há quem se pergunte: "musculação na adolescência atrapalha o crescimento?". Durante essa faixa etária o osso sofre constante reabsorção e formação, que podem ser recuperadas através de sobrecarga e peso no mesmo. Ou seja, a musculação é benéfica aos jovens.

Até os 25 anos, o corpo faz seu próprio estoque ósseo e, durante a adolescência, é importante estimular-se, para evitar doenças futuras, como a osteoporose.

Além disso, os exercícios na academia, se realizados adequadamente, trazem outros benefícios para a saúde do adolescente. Afinal, ajudam a manter o equilíbrio hormonal, estimulam os ossos e os músculos e contribuem para um crescimento saudável.

Exercícios na adolescência

Confira como a atividade física na adolescência reduz risco de demência

Saiba por que adolescentes que se exercitam têm menos chances de câncer de mama

Veja alguns exemplos para incentivar seu filho adolescente a se movimentar